José Carlos Almeida Rosa

 NotíciasVisitas: Contador de Visitas 
I TAÇA INSULAR AÇORES PORTUGAL COLUMBÓFILO 24-02-2008

" I TAÇA INSULAR DOS AÇORES 2008 "

 

 PORTUGAL COLUMBÓFILO E CLUBE COLUMBÓFILO DE SÃO MIGUEL

 

Boletim d...doc (151,9 KB)

 

 

REGULAMENTO



1- É uma organização do Jornal Portugal Columbófilo e do Clube Columbófilo de São Miguel, e está aberto a todos os columbófilos que concorram nas ilhas dos Açores que estejam federados e registados nos seus respectivos clubes.

 

2- A inscrição custará 15 euros por cada colombófilo registado e visa fazer face às despesas relativas aos prémios e será efectuada para o Jornal Portugal Columbófilo, a data limite de 1 dia antes do início das competições nas respectivas colectividades. Só serão aceites inscrições que contenham :

- Nome completo do columbófilo ou da sociedade se fôr o caso.

- Fotografia do sócio e símbolo a usar (facultativo) bem como referência ao nome a constar nas pautas classificativas.

- Nome completo da colectividade.

- Número de Licença Desportiva.

 

3- Para apuramento dos resultados contarão 8 concursos de Velocidade de Mar (Provas até 100 milhas), os 3 concursos de Meio-Fundo Mar (Provas de 100 até 150 milhas) e os 2 concursos de Fundo de Mar (Provas de mais de 150 milhas), constantes dos calendários desportivos de 2008 das colectividades a que pertence cada um dos membros concorrentes.

Ficará salvaguardada a situação dos concorrentes em caso de adiamento ou cancelamento de provas decididas pelas colectividades, nos seguintes termos :

 

3.1- As provas consideradas serão as efectivamente realizadas.

 

4- A classificação final resultará do somatório das pontuações obtidas pelos 2 primeiros pombos de cada concorrente nos concursos atrás estabelecidos. As pontuações serão calculadas nos termos do artigo seguinte, com base nas classificações obtidas nesses concursos e na sua colectividade de encestamento. Como muitos columbófilos encestam em mais do que uma colectividade, contará para as classificações únicamente a colectividade utilizada pelo membro no envio da folha individual à Comissão.

 

5- As pontuações serão calculadas com base nas tabelas seguintes, aplicadas ao lugar obtido na classificação dos concursos por cada um dos dois primeiros pombos de cada columbófilo.

Aos pombos classificados nos concursos a partir do lugar 50º será atribuído 1 ponto, independentemente do escalão em que se enquadrar a sua colectividade.

 

 Classificação x (nº de milhas x (quoficiente)

(pombos participantes no máximo 500)

(com arredondamentos até à 3ª casa decimal)

 

 

5.1- Nº de milhas considera-se a distância comprovada do local de solta até ao seu pombal através das coordenadas GPS

5.2- O quoficiente será o seguinte :

5.2.1- Concursos de Velocidade de Mar (Provas até 100 milhas) --- 1

5.2.2- Concursos de Meio-Fundo Mar (Provas de 100 milhas até 150 milhas) --- 2

5.2.3- Concursos de Fundo de Mar (Provas de mais de 150 milhas) --- 3

6- Cada participante fará chegar até 15 dias após a realização de cada concurso, documentação referente à sua classificação, podendo ser utilizada a folha individual extraída do programa informático de classificações. Tais folhas serão obrigatóriamente autenticadas pela respectiva colectividade, e para além da classificação terão de mencionar o nome da colectividade, a categoria do concurso, a data em que foi realizado e o número de pombos participantes.

6.1- Os documentos atrás referidos poderão ser enviados :

Por via electrónica para o mail : lmmsoares@gmail.com ou para o Jornal Portugal Columbófilo.

No caso em que não sejam remetidos documentos originais, fica salvaguardado que a Comissão os possa solicitar posteriormente aos concorrentes.

6.2- A falta do envio dos dados classificativos mencionados neste artigo dentro dos prazos estabelecidos, implicará a atribuição de 2 pontos ao columbófilo no concurso em causa.

6.3- As classificações serão publicadas no site do Clube Columbófilo de São Miguel e Jornal Portugal Columbófilo

7- Os prémios finais serão Diplomas (Taças) com a classificação final de cada concorrente.

7.1- Serão entregues troféus e diplomas aos primeiros 10 classificados de cada uma das categorias a saber :

Velocidade de Mar (Provas até 100 milhas)

Meio-Fundo Mar (Provas de 100 até 150 milhas)

Fundo de Mar (Provas de mais de 150 milhas)

7.2- Aos três primeiros classificados será atribuída faixa.

8- Disposições Gerais :

8.1- Não existindo possibilidade de aceder por via electrónica ao calendário desportivo, será feito o pedido pela Comissão a um dos membros para fazer o favor de enviar uma fotocópia por correio.

8.2- Qualquer situação não contemplada no presente regulamento será decidida pela Comissão, atendendo se fôr caso disso, aos regulamentos desportivoa, ou às regras do bom-senso.

8.3- A falta de qualquer um dos elementos solicitados, ou a verificação de fraude nos resultados apresentados, implica a desclassificação do concorrente do campeonato, ou da prova, conforme a gravidade do acto ou omissão.

8.4- Funções da Comissão :

- Elaboração do Regulamento e apresentação do mesmo à organização para divulgação no site do Clube Columbófilo de São Miguel / Jornal Portugal Columbófilo.

- Divulgação dos resultados finais, homologação dos mesmos.

A Comissão 6 de Fevereiro de 2008