José Carlos Almeida Rosa

 NotíciasVisitas: Contador de Visitas 
FALECEU JOSÉ TORRES - FUTEBOLISTA E COLUMBÓFILO !!! 03-09-2010

Faleceu José Torres - Futebolista e Columbófilo !!!
(1938-2010)

 

Faleceu hoje, dia 3 de Setembro de 2010, José Augusto Costa Séneca Torres, conhecido no mundo do Futebol e da Columbofilia por José Torres, aos 71 anos de idade, vitima de doença prolongada.

A 8 de Setembro de 1938 nascia em Torres Novas, José Augusto da Costa Séneca Torres. Como tantos jovens, iniciou-se no futebol no clube da terra, o Torres Novas e cedo o seu poderoso jogo aéreo começa a dar nas vistas. Jogador de área, tendo como principal atributo a sua elevada estatura, José Torres foi um dos avançados mais marcantes na história do futebol português.

José Torres viveu, desde muito jovem, duas enormes paixões: a columbofilia e o futebol.

Se o futebol foi a sua profissão a columbofilia foi decisivamente a sua grande paixão.

Para além de columbófilo foi também dirigente do Grupo Columbófilo da Amadora, Centro Columbófilo Amadora-Queluz, Associação Columbófila do Distrito de Lisboa (ACDL) e da Federação Portuguesa de Columbofilia assumindo funções de vice-presidente do Congresso. Da Federação Portuguesa de Columbofilia recebeu com total mérito o mais alto reconhecimento com a atribuição da medalha dourada com colar pelos serviços relevantes prestados à Columbofilia. Por proposta da Direcção da Federação Portuguesa de Columbofilia foi, também, instituído em Congresso, por unanimidade, sócio honorário.

Colaborou com a Federação em inúmeras acções para jovens onde transmitia as suas vivências enquanto desportista profissional ligado ao futebol e como desportista amador na columbofilia. Das suas palavras sábias e tranquilas percebia-se porque tinha sido alcunhado de "O bom gigante". Anti-vedeta possuía uma simpatia cativante que prendia a atenção de jovens e adultos.

Enquanto futebolista

Estreou-se no Benfica em 1959 num jogo frente ao Covilhã.

Nesta equipa fez 259 jogos oficiais e marcou 226 golos. Venceu nove Campeonatos e quatro Taças de Portugal. Um registo impressionante, valorado ainda com o titulo de melhor marcador do Nacional 62/63. Para já não referir as três presenças noutras tantas finais europeias.

Saiu do Benfica no final da temporada de 1971 tendo ido jogar para o Vitória de Setúbal de José Maria Pedroto.

Acabaria a carreira aos 42 anos no Estoril-Praia.

Na equipa nacional, José Torres está indissociavelmente ligado à campanha dos Magriços. Três golos marcou na Inglaterra, com destaque para o último, frente à União Soviética, que permitiu a Portugal subir ao pódio.

Foi 34 vezes internacional logrando marcar 14 golos.

Em 1973 Torres deixava a selecção mas não para sempre. Havia de voltar como seleccionador.

O "Bom Gigante" orientou a equipa nacional na fase de apuramento para o campeonato do mundo de 1986.

As desconfianças em torno da equipa eram muitas, mas Torres acreditava que era possível atingir a qualificação. Ficou célebre uma sua frase:

"Deixem-me sonhar!"

A Federação Portuguesa de Columbofilia, deixa aqui as suas sentidas condolências a toda a família de José Torres.

http://www.fpcolumbofilia.pt

À família enlutada (à esposa, filhos e restantes familiares) e a todos os amigos de José Torres, em meu nome pessoal e dos Órgãos Sociais da Associação Columbófila do Distrito de Faro (ACD Faro), apresentamos as mais sentidas condolências.

José Carlos : Gabinete Imprensa ACD Faro