José Carlos Almeida Rosa

 NotíciasVisitas: Contador de Visitas 
ABANDONO DO MEIO COLUMBÓFILO !!! 17-07-2012

Extremamente agastado com a tremenda, notória e visível falta de sensibilidade das estruturas columbófilas (colectividades, associações e federação), para com o fenómeno mediático que encerra a promoção, o fomento e a divulgação do desporto columbófilo (que desde há alguns anos a esta parte tenho levado por diante), decidi formalizar e tornar pública a decisão (já há muito tempo pensada - e prontamente comunicada à estrutura associativa algarvia - e agora levada à prática) de abandonar o meio columbófilo. 

É que ... não sendo columbófilo, não tendo pombos e nem sequer ser associado de qualquer colectividade columbófila, cheguei à conclusão de que não devo mais continuar a esforçar-me por aqueles que não têm a mínima consideração e nem o devido reconhecimento pelo trabalho que tem sido desenvolvido em prol da promoção e divulgação do desporto columbófilo. 

A gota d'água que fez transbordar o copo (e precipitou esta decisão), gira em torno da última Exposição Nacional (realizada em Caldas da Rainha), em que a ACD Faro entendeu (ou melhor, o seu tesoureiro entendeu), de que a minha estadia não seria paga (contrariando a decisão do presidente associativo, que em plena reunião de direcção, afirmou que iria fazer a respectiva reserva à federação). 

Curiosamente, devemos de o referir, foi uma das melhores participações de columbófilos algarvios, em que a representação algarvia conquistou brilhantemente 3 títulos de Campeão Nacional : Tintin (Standard Ibéricos Machos), Manuel Lopes (Standard Borrachos Fêmeas), e Francisco Cid & Hélder Carmo (Sport Velocidade), para além de dois Vice-Campeões Nacionais : Tintin (Standard Ibéricos Fêmeas) e Lino Guerreiro Sport Yearlings) - (tudo isto ficou em claro, porque eu já não estava presente, e os columbófilos algarvios apenas e somente ficaram com a glória efémera dos seus grandiosos feitos, e que nunca ficarão visíveis para a posteridade). 

Posteriormente, aquando da entrega de prémios associativos, e sob protesto, resolvi não comparecer (segundo quem esteve presente, a minha falta foi muito sentida pela maioria dos columbófilos presentes, que estranharam a minha ausência, mas que não sabiam os verdadeiros motivos, apenas a direcção associativa o sabia...). 

Doravante, não farei qualquer dispêndio financeiro para me deslocar aonde quer que seja : nem de carro, de autocarro, de comboio, de barco ou de avião ... 

Às colectividades e aos seus dirigentes, apenas lhe interessam que as notícias, as reportagens e as fotos, apareçam publicadas nos jornais ou na internet ... tudo o resto é paisagem ...

Por outro lado, o meu descontentamento também recai sobre a FPC, que como órgão máximo da modalidade, deveria prestar mais atenção e incentivar quem de facto valoriza, promove e divulga o desporto columbófilo em Portugal ... 

Nesta óptica, impõe-se de certo modo, uma nova política de desenvolvimento sustentado, de forma a valorizar quem tem um papel relevante na promoção e divulgação da modalidade ... 


Face a tão tamanha ingratidão, da falta de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido em prol do desporto columbófilo em Portugal, e embora triste, tomei esta decisão ... 

Enfim, é uma notícia triste, numa data justamente festiva (pois hoje é o dia do meu aniversário), mas resta-me o conforto e o apoio das inúmeras amizades que granjeei de Norte a Sul deste Portugal Columbófilo ... 

A Columbófilia Portuguesa (e sobretudo, a algarvia), perde assim um dos seus maiores líderes da promoção, do fomento e da divulgação do desporto columbófilo em Portugal ... 

Até sempre, caros amigos columbófilos ... 

Faro, 17 de Julho 2012 

José Carlos Almeida Rosa