José Carlos Almeida Rosa

 NotíciasVisitas: Contador de Visitas 
PROVA NACIONAL DE FUNDO (VALÊNCIA 2 - 18 de Junho de 2016) 18-06-2016

PROVA NACIONAL DE FUNDO

VALÊNCIA 2, DIA 18 DE JUNHO DE 2016, 06H30M

9.000 COLUMBÓFILOS, 400 CLUBES, 14 DISTRITOS, 13 CAMIÕES TIR, CERCA DE 46.000 POMBOS

Terminou no passado dia 18 o Campeonato Nacional de Fundo 2016. A prova, organizada pela Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC), em parceria com as 14 associações columbófilas distritais e as 400 coletividades que, aproximadamente, representam um universo de 9 mil columbófilos, reuniu os melhores pombos-correios lusitanos. As duas provas tiveram como local de solta Albuixech, Valência, e levaram estes ‘atletas’ a percorrer distâncias que variam entre os 600 e os 800 km, num espaço temporal de 7 a 10 horas de voo, com início em solo espanhol.

Coroados os campeões distritais, por zona e a nível nacional, o 1º classificado do país é Nuno Micaelo, do Clube Columbófilo Asas de Portalegre, da Associação Columbófila do Distrito de Portalegre. A fêmea que lhe deu essa classificação chegou ao pombal, na localidade de Cabeço de Vide, há uma semana, às 14h13, depois de percorrer 628,307 km.

41.jpg 47.jpg

Nuno Micaelo - 1º classificado nacional e a pomba vencedora

O coordenador desportivo da FPC, Almerindo Mota, fez um balanço muito positivo: "Depois de falar com os columbófilos, a noção que tenho é a de que a prova foi um sucesso a todos os níveis." O coordenador acredita que este tipo de provas promove o convívio a nível nacional, porque este desporto também vive "da criação de amizades".

Para 2017, em tom descontraído, Almerindo Mota, deixa o aviso: "É preciso começar, desde já, a preparar a época desportiva, porque não podemos amolecer."



Na primeira solta, que decorreu no dia 21 de maio, 51.012 pombos – correio estiveram inscritos. Na prova do passado sábado foram 46.603. A columbofilia, que já foi a segunda modalidade com mais praticantes em Portugal, logo a seguir ao futebol, pretende chamar novos amantes dos pombos-correios, de forma a estimular cada vez mais a competição e a promover a interação entre todo o mundo columbófilo.

41.jpg

 Nuno Micaelo, Campeão Nacional de Valência 2 (entre 46.603 pombos participantes), Vencedor Distrital ACD Portalegre e também o Vencedor da Zona 2 (que compreende os distritos de Coimbra, Leiria, Portalegre, Santarém e Viseu), com o seu atleta nº 3344723/13, constatado às 14:13:07, após voar 628 Kms, a uma média de 1.356,69 metros por minuto

  

A pomba de Nuno Micaelo - vencedora nacional de Valência 2 (18 de Junho de 2016)

33.jpg

José Miguel Correia Silva, Vencedor Distrital ACD Aveiro e também Vencedor da Zona 1 (24.516 pombos participantes - que compreende os distritos de Aveiro, Braga, Porto e Viana do Castelo) com o seu atleta nº 4482955/14, constatado às 15:56:03, após voar 715 Kms, a uma média de 1.264,14 metros por minuto

37.jpg

José Carlos Mocho & Hugo Cruz, são os Vencedores Distritais ACD Évora e também Vencedores da Zona 3 (13.819 pombos participantes - que compreende os distritos de Beja, Évora, Faro, Lisboa e Setúbal) com o seu atleta alado nº 3288152/13, constatado às 14:12:29, após voar 623 Kms, a uma média de 1.347,51 metros por minuto

Beja.jpg

José Dores, Vencedor Distrital ACD Beja, com o seu atleta nº 3132533/13, constatado às 14:58:08, percorrendo um percurso de 677 Kms, a uma média de 1.333,48 metros por minuto

35.jpg

Vasco Agonia, Vencedor Distrital ACD Braga, com o seu atleta nº 4352676/14, constatado às 17:00:18, percorrendo um percurso de 746 Kms, a uma média de 1.184,58 metros por minuto

36.jpg

José & Paulo, Vencedores Distritais ACD Coimbra, com o seu atleta nº 4237058/14, constatado às 15:52:38, após voar 702 Kms, a uma média de 1.249,36 metros por minuto

38.jpg

Filipe Agostinho, Vencedor Distrital ACD Faro, com o seu atleta nº 4391715/14, constatado às 15:20:17, após voar 700 Kms, a uma média de 1.320,54 metros por minuto

016.JPG

Luís Carmo e Filipe Agostinho (concorrentes na Sociedade Columbófila Luzense) com os dois primeiros pombos classificados no Algarve (entre 2440 pombos participantes) da prova de Valência 2 (18 de Junho 2016).

39.jpg

Paulo & Delfim & Luís, Vencedores Distritais ACD Leiria, com o seu atleta nº 4213633/14, constatado às 15:54:18, após voar 719 Kms, a uma média de 1.275,48 metros por minuto

40.jpg

Paulo, César & Gonçalo, Vencedores Distritais ACD Lisboa, com o seu atleta nº 2294020/12, constatado às 16:06:47, após voar 739 Kms, a uma média de 1.282,43 metros por minuto

42.jpg

António Maria Santos G Correia, Vencedor Distrital ACD Porto, com o seu atleta nº 3371402/13, constatado às 16:19:55, após voar 727 Kms, a uma média de 1.233,15 metros por minuto

43.jpg

Fernando Oliveira Santos, Vencedor Distrital ACD Santarém, com o seu atleta nº 4311179/14, constatado às 15:32:01, após voar 705 Kms, a uma média de 1.301,48 metros por minuto

44.jpg

Equipa Contalcochete, LDA, Vencedores Distritais ACD Setúbal, com o seu atleta nº 3139418/13, constatado às 16:11:53, após voar 752 Kms, a uma média de 1.292,66 metros por minuto

45.jpg

 Carlos Alberto R Carvalho, Vencedor Distrital ACD Viana do Castelo, com o seu atleta nº 3315283/13, constatado às 17:14:12, após voar 747 Kms, a uma média de 1.160,30 metros por minuto

viseu.jpg

Hermínio Almeida Simões, Vencedor Distrital ACD Viseu, com o seu atleta nº 3134630/13, constatado às 15:23:33, após voar 665 Kms, a uma média de 1.247,99 metros por minuto

 

Os “atletas” já estão a caminho dos pombais portugueses

Eram 6h30 (hora portuguesa) quando os 13 camiões TIR, que transportaram os pombos-correio até Albuixech, Valência del Cid, abriram as caixas de transporte. Cerca de 46 mil “atletas” de alta competição seguem agora rumo a Portugal. As condições meteorológicas: vento nulo, com céu um pouco nublado, mas com visibilidade superior a 10 quilómetros e tectos altos.

27.jpg

25.jpg

26.jpg

32.jpg

Após a saída dos “atletas”, misturam-se emoções: por um lado o sentimento de dever cumprido, por outro a preocupação com a chegada dos pombos-correio.

31.jpg

Os bastidores da solta

Os últimos preparativos para a solta desta manhã motivaram uma agitação matinal, em terras valencianas. Ainda não eram 6h00 (hora portuguesa) e já se faziam ouvir indicações para que tudo estivesse pronto.

30.jpg

29.jpg

Pouco tempo depois, o coordenador desportivo nacional, Almerindo Mota, reuniu-se com os delegados de solta , em Albuixech, Valência. Em constante comunicação com o meteorologista da FPC, Fernando Garrido, foram definidos os últimos detalhes para que a solta decorresse da melhor maneira possível.

28.jpg

 

 Dia termina com convívio à hora de jantar em Valência del Cid

Depois de um longo dia em que todos os esforços se concentraram em deixar tudo pronto para a solta desta madrugada, à hora de jantar as preocupações foram esquecidas e o convívio entre os presentes foi a nota de destaque. 

Delegados de solta, membros da  Federacion Colombófila De La Comunidad Valenciana e o Alcalde de Albuixech foram alguns dos elementos que se sentaram à mesa para partilhar histórias e, acima de tudo, celebrar a paixão pelo desporto columbófilo.

24.jpg

23.jpg

22.jpg

21.jpg

20.jpg

 

Reunião dos delegados com o coordenador desportivo marcada por uma homenagem simbólica

No final da tarde de ontem, os delegados de solta das 14 Associações Distritais reuniram com o coordenador desportivo da FPC, Almerindo Mota, com o intuito de receberem as últimas instruções para a prova de amanhã.

A reunião ficou marcada pela homenagem ao delegado da ACD Porto, Venâncio Valente, que já exerce essa função há mais de três décadas. 

15.jpg

14.jpg

13.jpg

 

Venâncio Valente: há mais de 30 anos a ser delegado de solta

A ACD Porto tem um dos delegados de solta mais experientes a nível nacional. A caminho dos 65 anos de idade, Venâncio Valente, continua a marcar presença nas provas do Campeonato Nacional de Fundo. A partir de 3 agosto tudo pode mudar, porque a sua carta de condução de veículos pesados vai expirar, sem possibilidade de renovação, contudo a paixão pela columbofilia e pelo pombo-correio poderá adiar a saída. 

18.jpg

No início foi oferecido um galhardete da FPC, assinado por todos os delegados presentes, a Venâncio Valente. Com alguma emoção no ar, este reconhecimento serviu para elogiar a dedicação do delegado da ACD Porto à columbofilia.

19.jpg

O Coordenador Desportivo da FPC, Almerindo Mota, assinando o galhardete da FPC

16.jpg

Após este acto simbólico, ficou definido que o delegado da cidade invicta irá ser novamente galardoado pela dedicação ao desporto columbófilo, na 44ª Exposição Nacional e Pré Olímpica de Columbofilia, evento que vai decorrer na cidade de Fafe, entre 6 e 8 Janeiro de 2017.

Venâncio Valente : uma vida dedicada à causa columbófila

 

Valência del Cid 2016: Coordenador de Aveiro e Delegado de Viana do Castelo agradados com o local de solta

À medida que os camiões foram chegando, o cenário para a solta deste sábado ficou montado. Fomos ouvir o coordenador de soltas da ACD Aveiro, Pedro Soares, que, pela primeira vez, vai assistir “ao vivo” a uma prova em Valência del Cid. Procurámos também perceber qual é o papel do delegado de solta, junto do responsável por essa função da ACD Viana do Castelo, Joel Lopes.

12.jpg

Falámos com Pedro Soares durante a tarde desta sexta-feira. O dirigente elogiou o local escolhido e revelou as ambições da sua Associação para o dia de amanhã.

10.jpg

Coordenador de Soltas da ACD Aveiro, Pedro Soares

9.jpg

Delegados de Solta da ACD Viana do Castelo – Joel Lopes (à esquerda) e Carlos Arieira (à direita)

Nada é deixado ao acaso no tratamento dos “atletas”

Já com todos os camiões no local da solta, as preocupações com a alimentação e o abeberamento dos pombos-correios foram duas notas comuns. Para além dos cuidados que foram tidos durante a viagem até Valência del Cid, já na cidade valenciana, os “atletas” continuaram a usufruir de um tratamento de “luxo”.

6.jpg

8.jpg

7.jpg

 

Tudo a postos para a solta de amanhã

Já chegaram a Albuixech, Valência del Cid, Espanha, os camiões TIR com os pombos-correio que amanhã vão brilhar nos céus da Península Ibérica.

Os veículos já estão devidamente posicionados para a solta, que deverá ocorrer, se as condições meteorológicas o permitirem e de acordo com o aval do meteorologista da FPC e do coordenador desportivo nacional, amanhã (18 de Junho de 2016) entre as 6h30 e as 7h00 (hora portuguesa).

1.jpg

2.jpg

3.jpg

5.jpg

 

 Camiões no local da solta

img17507.jpg

19700631_d5Lsa.jpeg

REC11250647 (versão em PDF do Jornal Record)

José Carlos.jpg