José Carlos Almeida Rosa

 ReportagensVisitas: Contador de Visitas 
SOCIEDADE COLUMBÓFILA DE RIBA-UL 31-01-2008

Sociedade Columbófila de Riba-Ul

Bons prémios para atrair mais columbófilos

A Sociedade Columbófila de Riba-Ul, segundo contam os mais antigos columbófilos, foi das primeiras a aparecer no concelho de Oliveira de Azeméis, tendo os seus estatutos iniciais sido publicados em 1950 em Diário da República.

Não se sabe ao certo qual a data em que a colectividade foi fundada. No entanto, sabe-se que esteve durante alguns anos fechada, tendo sido reaberta a sua actividade em 1983.

Desde essa altura já passaram 25 anos e a sede da colectividade já passou também por diversos locais da freguesia.

Agora, a Sociedade Columbófila de Riba-Ul já tem uma sede própria, prevendo-se que, a curto prazo, possa ser alargada, uma vez que há a necessidade de ter um espaço para guardar o camião, com capacidade para 60 cestos, que foi adquirido com o dinheiro dos sócios e que serve para transporte dos pombos à Associação Distrital e para efectuar os treinos semanais da colectividade.

Manter a evolução na colectividade
Durante muitos anos e até 2007, a colectividade foi liderada pelo já falecido Armando Gaspar, um dos principais responsáveis por tudo aquilo que a colectividade é actualmente.

Agora é Álvaro Resende que preside a Sociedade com os objectivos de continuar a evolução que a colectividade tem seguido nos últimos anos, não só em número de columbófilos participantes nas provas, mas também nos resultados obtidos.

 Esta época, a colectividade santiaguense registou 62 sócios, sendo que 47 participaram na campanha desportiva, onde no total se enviaram cerca de 1500 pombos nas provas nacionais, uma média de 500 pombos nas provas de Fundo e cerca de 1700 a treino semanalmente. No último ano foram recenseados cerca de 6000 pombos distribuídos pelos nossos associados.

Distribuir bons prémios para captar mais columbófilos
Com um orçamento anual de 27.500,00 euros, a colectividade procura distribuir pelos columbófilos bons prémios para que mais ainda se possam juntar aos já existentes. Para fazer face a tão elevado orçamento, a associação conta com alguns donativos, com a contribuição dos seus associados e com a receita do leilão de borrachos que se realiza anualmente na festa de distribuição de prémios.

Papel da mulher foi reconhecido na columbofilia
A festa de distribuição de prémios é uma das referências da Sociedade santiaguense, pois conta anualmente com cerca de 150 pessoas, sendo uma das maiores da zona em termos de número de pessoas que consegue juntar e realiza-se já há alguns anos no final do mês de Julho.

Em 2007 foram implementados na colectividade os campeonatos femininos para dar mais importância ao papel da mulher na vida do columbófilo. Actualmente o campeonato feminino conta com uma dúzia de columbófilas não faltando, no final da época, prémios para as participantes do mesmo.

A Sociedade Columbófila de Riba-Ul aderiu ao sistema de SMS promovido pela Associação Distrital e criou ainda o almoço convívio nos sábados das provas de fundo.


O camião para o transporte dos pombos.  

Com a entrega de prémios 2007 e um animado convívio

Sociedade de Riba-Ul em festa

O anseio da Sociedade Columbófila de Riba-Ul de melhorar as condições de enjaulamento dos pombos poderá concretizar-se a breve prazo. Durante a festa de encerramento da época, o presidente da Junta de Freguesia prometeu colaborar com a colectividade.

O esforço que a colectividade tem feito para se manter de pé foi relevado pelo presidente da Junta de Freguesia. António Godinho testemunhou o entusiasmo dos columbófilos e deu conta das dificuldades que a Sociedade tem vivido, prometendo colaborar para que possa ocupar um espaço próximo da sede para fazer o enjaulamento. “Dentro das nossas possibilidades podem contar com a nossa colaboração e sei que o vereador responsável, Dr. Ricardo Tavares, também está receptivo à melhor forma de se resolver o problema”, asseverou o autarca santiaguense.

Espírito familiar bem vincado
Por seu turno, o Dr. Ricardo Tavares realçou o clima de festa que se vive nestes convívios. Dirigindo-se à direcção da colectividade em festa, o edil enalteceu e agradeceu “o esforço dos dirigentes associativos, bem patente neste espírito familiar que aqui se sente”.

Por outro lado, Ricardo Tavares vincou que a columbofilia é uma das actividades rainhas do nosso concelho. “Não é por acaso que temos entre nós a sede da Associação Columbófila do Distrito de Aveiro”, lembrou.

Na festa de encerramento da época columbófila, que consagrou o campeão Augusto Costa e todos os concorrentes, a Sociedade de Riba-Ul homenageou dois dedicados companheiros, o ex-presidente Armando Gaspar, recentemente falecido, e o benemérito Serafim Reis.

 Com as fotos destas duas figuras caras da Sociedade de Riba-Ul presentes na sala, a anteceder o convívio, os presentes guardaram um minuto de silêncio, enquanto na intervenção que proferiu, o representante da Câmara Municipal também se referiu elogiosamente à figura de Armando Gaspar.

Columbófilos de outras paragens presentes
No convívio estiveram presentes columbófilos de outras sociedades do concelho, nomeadamente, de Cucujães, Travanca e Macieira de Sarnes, bem como de fora, Felgueiras, Matosinhos, Aveiro, S. João da Madeira e Arouca, o que atesta não só a importância da Sociedade de Riba-Ul no contexto da columbofilia nacional, mas também o elo de amizade que o pombo-correio proporciona a quantos lidam com ele.

A direcção agradece às empresas que patrocinaram os prémios: Silva, Brandão & Filhos, Abílio Lourenço & Herdeiros, Caraze – Carnes de Azeméis, Simoldes Plásticos, Tasca O Brandão, Construções Delfim Novo, Norfer, Café S. Tiago, Beirográfica, Azevedotex, Transporfixos, Simoldes Aços, Churrasqueira dos Prazeres, Paulifer, Sola de Ouro, Hermínio Soares, Cabeleireiros Cipriano, Azemoldes Moldes de Azeméis, Vazmolde, Ourivesaria Suiça e Câmara Municipal

Muitos borrachos a leilão
Antes da distribuição de prémios, a colectividade realizou um concorrido leilão de pombos e borrachos, superiormente dirigido pelo inigualável Diamantino Neto, que cativou todos os presentes.

 Diamantino Neto tornou-se um parceiro imprescindível nas festas dos columbófilos, sendo requisitado de Norte a Sul para estes leilões columbófilos.

O produto permite à colectividade mais algum desafogo para enfrentar as muitas despesas que tem a seu cargo.

 
O bolo do campeão personalizado com o símbolo da colectividade e com as fotos dos 3 primeiros da Geral 


O corte do bolo de campeão - à esquerda a mulher Dorinda Pinho, ao meio Augusto Costa (campeão 2007) e à direita José Nunes (campeão 2006) na passagem de testemunho. 


Os troféus para cada primeiro lugar alcançado 


O troféu do campeão Augusto Costa 


Augusto Costa - o campeão 2007

 
Augusto Costa - Campeão de Velocidade, de Fundo, de Borrachos e Melhor Colónia 2007

 
João Marques - Campeão de Meio-Fundo 2007 


João Lino Lassal - 2º Classificado da Geral 


Manuel Soares - 3º Classificado da Geral 


Os 3 primeiros classificados 


A mulher de José Nunes recebe o trofeu relativo ao 4º lugar da geral 


Paulo S. C. Pinho - 5º da geral 


Os ramos que foram distribuídos às participantes no campeonato de feminino. 


Maria Dolores a receber o prémio relativo ao campeonato feminino. 


Júlia Duarte a receber o prémio relativo ao campeonato feminino.


Maria Glória Sá a receber o prémio relativo ao campeonato feminino. 


Palmira Oliveira a receber o prémio relativo ao campeonato feminino. 


Mª Luzia Soares a receber o prémio relativo ao campeonato feminino. 


Dorinda Pinho a receber o prémio relativo ao campeonato feminino. 


Àlvaro Resende a receber o prémio em representação da sua mãe, que não pôde estar presente.

 
O pódio do campeonato feminino. 


Drº Ricardo (Vereador da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis), Mª Luzia Soares - 3ª campeonato feminino, Àlvaro Resende em representação de Rosalina Costa, campeã 2007, Dorinda Pinho - 2ª campeonato feminino e António Godinho - Presidente da Junta de Santiago de Riba-Ul 


José Nunes - Vencedor da Taça de Portugal 


Viriato Duarte - Vencedor da Taça Internacional