José Carlos Almeida Rosa

 ReportagensVisitas: Contador de Visitas 
BOAVENTURA FELGUEIRAS - CAMPEÃO GERAL 2011 ACD VIANA DO CASTELO 28-02-2012

Boaventura Felgueiras  Campeão Geral 2011

ACD Viana do Castelo

Barroselas é uma freguesia de Viana do Castelo com fortes tradições columbófilas, tanto em número como na qualidade dos seus praticantes. Em 2011, nos 4 primeiros distritais, 3 são de Barroselas e nos últimos 15 anos, 5 columbófilos locais sagraram-se campeões distritais, alguns deles por mais do que uma vez… Kitos, Jaime Rego, José Rui Pinheiro, José António Pires e Boaventura Miranda Felgueiras, o nosso entrevistado de hoje!!!

Esta equipa de columbófilos é constituída pelo Boaventura (pai), seus filhos Carlos e Rui e ainda o neto Bruno.

   

Boaventura Felgueiras, Carlos Felgueiras, Rui Felgueiras e Bruno Felgueiras

Este título começou a ser construído em 2002/2003, altura em que enfrentaram um dilema… os resultados desportivos eram medianos, em mente tinham duas opções, ou acabavam com a colónia ou apostavam forte para a tornar mais competitiva. Decidiram apostar forte e reforçaram-se com novas linhas de pombos. Em 2005 já fizeram uma Campanha acima da média, mas sentiram que ainda faltava alguma coisa e o que faltava era um pombal que oferecesse melhores condições aos atletas. Foi o investimento seguinte – 2009. Os resultados melhoraram substancialmente e culminaram com a conquista do título distrital Geral da ACD Viana do Castelo 2011.

Sobre o significado desta importante conquista, disseram-nos… “este título tem muito do Kitos, tem muito do Renato Santos, tem muito do Albano Tavares e do Martinho Juncal – columbófilos que nos cederam pombos. Para nós foi uma grande alegria, quando soubemos que tínhamos sido campeões distritais, toda a gente chorou cá em casa, chorou o pai, a mãe e os filhos!”.

Recordar é Viver

O primeiro contacto de Boaventura Felgueiras com o pombo-correio aconteceu quando o vizinho Daniel Amaral lhe pediu para receber os seus atletas aos domingos. Esse contacto fez nascer uma paixão pelo pombo-correio.

Mais tarde e em casa de seu pai chegou a ter pombos "rafeiros", como aqui lhe chamam. Com os seus 19 anos decidiu adquirir uns pombos a José Sousa, de Barcelos, deu 15 escudos por cada. Pelo mesmo valor comprou uns pretos a um amigo de Barroselas e foi com estas linhas que fez equipa. Na altura, quem tratava da colónia era o Boaventura e os irmãos Manuel (já falecido) e o Alfredo. Ficou em seu nome porque era o mais velho.

A colónia era reduzida, 20 a 30 pombos, porque não havia possibilidades económicas para mais... "nessa altura chegávamos a dar feijão miúdo e as vitaminas eram as carteiras de Toddy que se compravam por 10 tostões".

O Boaventura casou e deixou de ter pombos, mas nas traseiras da sua nova casa morava um amigo que era taxista - José Augusto Barbosa, que lhe pediu ajuda na condução da colónia, o "bichinho" tornou a despertar...até que este columbófilo desistiu e o Boaventura trouxe o pombal para sua casa.

A actualidade

O casal base da colónia é constituído por uma fêmea oferecida pelo Kitos (José Fernandes Rego), de Barroselas, cruzada com um filho nascido do acasalamento de uma fêmea do Martinho Juncal, de Vila Nova de Famalicão, com um macho holandês.

Esta linha de pombos foi cruzada com bastante sucesso com alguns pombos que trouxeram de Albano Tavares, de Vale de Cambra..."um gentleman da columbófilia", como gostam de o chamar.

Para a longa-distância, especialmente de leste, introduziram bons exemplares de Renato Santos, da Meadela.

Métodos

Terminada a Campanha, os voadores são acasalados e criam uma rodada de borrachos, finda a qual são separados por sexos. A partir daí só têm liberdade duas vezes por semana. Os borrachos nascidos dos voadores e reprodutores ocupam a parte frontal do pombal e têm a liberdade necessária para um correcto desenvolvimento. O período da grande-muda é sempre acompanhado com a mesma dedicação da época dos concursos..."olhamos pelos pombos da mesma forma os 365 dias do ano. Aprendemos que para lutar pelos campeonatos tem que se trabalhar mesmo a sério. É necessário perder muitas horas, ter muito método, muito rigor, respeitar os horários de alimentação e voo".

No final do ano separam os borrachos por sexos, juntam-nos aos adultos e desde então começam a voar regularmente à volta do pombal. Voos livres até ao acasalamento. Nesta fase, o objectivo é que percam peso, especialmente as fêmeas, facilitando assim as posturas. No início de Janeiro já têm que voar 60 minutos, à vontade. No início da preparação voam apenas uma vez por dia, mas na Campanha são dois períodos diários de 45 minutos. As fêmeas saem primeiro, pois entram melhor, não prejudicando o voo dos machos.

A equipa é constituída por 90 voadores, sendo metade novos e metade adultos, metade machos, metade fêmeas.

Nesta colónia utilizam um lote de ração sport que é a mistura de três lotes distintos (marcas diferentes). Utilizam ainda cevada e milho..."aqui não damos fome. Normalmente servimos 20 gramas por pombo, mas se a maioria ficar a olhar, como que pedindo mais, servimos mais uma medida. Paramos quando 6 ou mais começam a beber e a subir para os poleiros".

À chegada não comem nem bebem, passado 2 horas servem água morna e ao fim da tarde ração sport, à descrição.

2ª feira, de manhã, 50% sport + 50% cevada. À tarde, 100% cevada.

3ª feira, 100% cevada.

4ª feira, de manhã, 50% sport + 50% cevada. À tarde, 100% sport.

5ª e 6ª feira, 100% sport.

No dia do encestamento servem milho, mas só nos concursos mais duros de meio-fundo e fundo..."a pior asneira que se pode fazer é encestar pombos com comida no papo. Para evitar isso, quando alimentamos no dia de encestamento, fazemo-lo muito cedo, por vezes às 06 horas da manhã".

Ainda sobre a alimentação durante a Campanha, disseram-nos..."não inventamos nada, se correu bem na semana anterior, tentamos fazer tudo igual na semana seguinte. Há pessoas que dizem dar x gramas por pombo e dali não passar. Na nossa colónia isso não se passa, a observação atenta e constante permite-nos ajustar o tipo e quantidade de ração servida, assim como os tempos de voo".

De referir que os adultos ficam sempre nas secções das traseiras e os novos nas da frente, os pombos estão assim habituados e não se verificam conflitos. Quando chegam das provas, os adultos vão lá para trás (ninhos) e os novos ficam todos juntos à frente. Cada um defende o seu território, aumentando assim a motivação.

Futuro

"Temos matéria-prima para lutarmos pelos campeonatos nos próximos anos, agora sabemos que no desporto columbófilo não há certezas, o êxito depende da conjugação de vários factores. Vamos tentar fazer o nosso melhor e esperar para ver".

Palmarés 2011

SC Barroselas (38 concorrentes)... 1º Geral, 2º Velocidade, 2º Meio-Fundo, 2º Fundo, 1º + 2º Melhor Pombo Velocidade, 7 x 1º prémio, 5 Anilhas

SC Meadela (17 concorrentes)...1º Fundo, 6 x 1º prémio, 3 Anilhas

SC Chafé (2ª equipa, 13 concorrentes)...1º Fundo, 1º Borrachos, 2 x 1º prémio, 1 Anilha

ACD Viana do Castelo (196 concorrentes)...1º Geral, 4º Velocidade, 4º Meio-Fundo, 2º Fundo, 5º Borrachos

ACD Viana do Castelo (concursos)... 4 x 1º distrital, 2 x 1º Campeonato Borrachos, 243 prémios, 9 dos quais na primeira dezena.

Melhor concurso - Leiria, 19 Fevereiro, 206 Kms, 25 prémios entre 5448 pombos encestados... 1º, 3º, 16º, 20º, 23º, 33º, etc...

Pior concurso - Bemposta II, 03 Março, 265 Kms, 12 prémios entre 5278 pombos encestados... 40º, 160º, 295º, 306º, etc... 

Três gerações de columbófilos… Rui, Bruno, Boaventura e Carlos Felgueiras

O pombal de voo… à esquerda, secção dos machos (ninhos - 30), machos (xadrez - 30) e fêmeas (xadrez - 60). De referir que os pombos novos ocupam a parte frontal do pombal

Rui Felgueiras mostra-nos como controla a saída de ar do interior do pombal

A secção do xadrez. A grelha colocada abaixo destes não permite a acumulação de fezes

A secção dos ninhos

Durante a semana, os ninhos são tapados com uma placa de madeira, sendo que os pombos permanecem na patilha

Pormenor de uma das entradas do constatador electrónico


ENTREGA DE PRÉMIOS DA CAMPANHA DESPORTIVA 2011 SC BARROSELAS


ENTREGA DE PRÉMIOS DA CAMPANHA DESPORTIVA 2011 SC BARROSELAS

 

ENTREGA DE PRÉMIOS DA CAMPANHA DESPORTIVA 2011 SC BARROSELAS

 

ENTREGA DE PRÉMIOS DA CAMPANHA DESPORTIVA 2011 SC BARROSELAS

ENTREGA DE PRÉMIOS DA CAMPANHA DESPORTIVA 2011 SC BARROSELAS

Boaventura Felgueiras : Vice-Campeão Fundo 2011 ACD Viana do Castelo


Campeões Distritais 2011 ACD Viana do Castelo


Os 15 primeiros classificados do Distrito - Campeonato Geral


2.º CLASSIFICADO EXPOSIÇÃO DISTRITAL 2011 - SPORT MEIO FUNDO - 7223409-07 - FÊMEA - BOAVENTURA MIRANDA FELGUEIRAS.

 

Efectue uma assinatura e leia o jornal Mundo Columbófilo. É simples, clique aqui!!