José Carlos Almeida Rosa

 ReportagensVisitas: Contador de Visitas 
ALDEIA COLUMBÓFILA DA PÓVOA DE SANTA IRIA 15-08-2013

ALDEIA COLUMBÓFILA DA PÓVOA DE SANTA IRIA

Ao fim de muitos anos tornou-se uma realidade!

Os novos pombais do Grupo Columbófilo Povoense já estão a ser usados. Ao todo são 12 novos pombais e uma sala de encestamento, onde os pombos são registados e colocados dentro de cestos para serem transportados para as provas. O terreno foi cedido pela Câmara de Vila Franca de Xira e as obras de requalificação da zona onde estavam os velhos pombais já começaram. Em Setembro vai ser entregue outro projecto à câmara para a colocação de uma vivenda pré-fabricada no espaço para instalar a sede do grupo com salas de direcção e de convívio. A actual sede está bastante degradada.

O terreno cedido pela câmara localiza-se na Póvoa de Santa Iria, junto às antigas instalações do grupo na Aldeia Columbófila, e tem 1,527,08 metros quadrados. Pertence ao domínio público municipal e foi cedido durante 5 anos, renováveis, a título gratuito. Compete ao grupo columbófilo a gestão e conservação da área e à Junta de Freguesia da Póvoa de Santa Iria a manutenção das infra-estruturas como os arruamentos, os esgotos e as águas pluviais existentes.

Rui Oliveira, que pertence ao Grupo Columbófilo da Póvoa, tem instalado o seu barracão no terreno desde 1984. Há já alguns anos que a câmara construiu uma pequena aldeia columbófila no local, mas a mudança ainda não se concretizou. “Só existiam sete pavilhões e nós precisamos de 12. Neste momento já acrescentaram mais e estamos apenas à espera de algumas condições, como arrecadações”, explica Rui Oliveira.

Daniel Gonçalves, presidente do Grupo Columbófilo Povoense, não podia estar mais satisfeito com as novas instalações e sublinha o bom entendimento que existe entre o grupo, a Câmara de Vila Franca e a Junta de Freguesia. O grupo foi formado em 1933 e tem obtido boas classificações em campeonatos distritais. Tem 23 concorrentes mas com a nova Aldeia Columbófila pretende-se que este número suba para 45. Nos pombais existem cerca de 1600 pombos. 

Recorde-se que o projecto de requalificação da zona deveria ter arrancado há um ano, integrado no projecto Eco-Bairros. Está previsto criar algumas hortas urbanas neste espaço requalificado e as pessoas que já cultivavam o terreno vão ter prioridade. Em Maio o vice-presidente da Câmara de Vila Franca referiu que a autarquia ainda pensou em mudar os columbófilos de sítio, uma vez que ali estão ao lado de vários prédios, mas nunca se conseguiu chegar a consenso.

Este projecto arrastou-se por quase duas décadas, tendo vários locais de destino mas nunca concretizados, até que, em 2013, finalmente se concretizou a sua instalação junto a uma urbanização da Póvoa de Santa Iria.

Para que a columbófilia sobreviva nas áreas urbanas das grandes cidades torna-se cada vez mais premente a concretização de projectos análogos a este, de louvar a cooperação prestada por parte da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira que ao concretizar mais este projecto no concelho, onde já exiistiam outras três infraestruturas, concedeu aos seus munícipes amantes da modalidade a possibilidade de poderem continuar a praticar o seu desporto de eleição.

No distrito de Lisboa outros munícipios têm apoiado a modalidade com a edificação de aldeias columbófilas onde são realojados os columbófilos que assim podem continuar a actividade, são bons exemplos os munícipios de Lisboa, Loures, Amadora e Cascais, esperando que outros se venham a juntar no apoio à modalidade fomentando e apoiando a construção de novas aldeias columbófilas nos seus munícipios.

Aldeia Columbófila da Póvoa de Sta. Iria

 

 

Fixação das asnas para colocação do telhado

      

Telhado  e Interiores dos pombais.           

 

Pombais instalados em 2006 restaurados.     

    

Pombais novos com estores aplicados.