José Carlos Almeida Rosa

 ReportagensVisitas: Contador de Visitas 
COLUMBÓFILIA NOS AÇORES 30-06-2016

COLUMBÓFILIA NOS AÇORES!!!

Columbofilia nos Açores: a mesma paixão, uma realidade competitiva diferente

No arquipélago dos Açores, a paixão pela columbofilia também se faz sentir. Na ilha de São Miguel há duas coletividades, o Clube Columbófilo de São Miguel (CCSM) e o Clube de Amigos da Columbofilia do Nordeste (CACN). Na ilha Terceira existe o terceiro clube açoriano, a Sociedade Columbófila da Ilha Terceira.

Médico e columbófilo, Luís Soares é o presidente da direção do CCSM, clube fundado há 16 anos e um dos impulsionadores da columbofilia no arquipélago, estando ainda envolvido nas atividades, de cariz mais lúdico, do CACN. Com raízes no continente, foi na maior ilha açoriana que começou a competir. As motivações foram "o gosto pelo pombo-correio, a paixão pela criação dos animais e o entusiasmo das chegadas", destaca. Não hesita em declarar que a columbofilia do continente não é igual à dos Açores: "As duas realidades não têm nada de semelhante, não há pontos comuns." As diferenças começam no pombo. "Nós sabemos que o pombo, na natureza, é uma ave de voo terrestre, logo, o voo marítimo necessita de aprendizagem e de um período de adaptação."

 

Luís Soares - Logotipo Clube Columbófilo de São Miguel

As soltas decorrem em alto-mar a 100, 150, 200 milhas da costa. As provas diferem muito das que acontecem no continente. "As tradicionais categorias da columbofilia terrestre, velocidade, meio-fundo e fundo, aqui diluem-se completamente. De certa forma, uma prova de 50 milhas marítimas (representa, em linha reta, quase 100 km) pode ser equiparada a uma de fundo", assegura o dirigente. Esta é a grande diferença, outra contrariedade que temos é o facto de os pombos serem soltos numa ilha e voarem, sobre o mar, para chegarem a outra ilha só no dia seguinte. Em suma eu acho que não há nenhum ponto comum em relação à columbofilia continental.


Clube Columbófilo de São Miguel - concorrentes 2016
 

Nos aspetos logísticos também se fazem sentir os contrastes. As soltas efetuadas sobre terra, em São Miguel, só podem ter até 70 km, pois é a extensão territorial da ilha. Nas restantes provas são necessários outros meios, como revela Luís Soares. "Nas provas interilhas temos um acordo com a SATA Açores para o transporte aéreo dos pombos, para as soltas de alto–mar temos protocolos com empresas de transporte marítimo que asseguram o transporte de barco ou navio."

Este ano fizemos oito provas com solta na Ilha de Santa Maria, daí até São Miguel são 54 milhas, dá aproximadamente 100 kms, fizemos ainda mais 8 provas de adultos e 10 de borrachos em altura diferentes, isto para o Campeonato de Santa Maria. Agora está a decorrer o da Ilha Terceira, onde os pombos são soltos em alto – mar até à ilha, num total de 6 provas.

O nosso grande objectivo é que a partir de 2017 possa haver um Campeonato Insular Ibérico, com o intuito de nos permitir ter “lugar” nas Exposições Nacionais e Ibéricas. O objetivo de qualquer columbófilo, quer seja continental ou insular, é mostrar os resultados do seu trabalho e da sua dedicação.


Duas linhas de voo : Soltas da ilha vizinha de Santa Maria e soltas de Alto Mar a caminho da ilha Terceira. Pode ver-se mais algumas ilhas do Grupo Central a Noroeste da Ilha de São Miguel.  

Em relação ao nosso Calendário Desportivo, este ano avançámos com o 1º Campeonato Insular de Velocidade Terra – Mar – Terra. Este ano ainda sem o apoio oficial da Federação. O objetivo foi juntar os columbófilos dos clubes da Ilha de São Miguel e da Ilha da Terceira. Foram três provas na Ilha de São Miguel e três na Terceira, depois fizemos um coeficiente do qual conseguimos apurar o 1º campeão insular nessa especialidade. No futuro, e depois de termos falado com a Federação Portuguesa de Columbofilia, nomeadamente em reuniões tidas aqui, com o presidente, o Dr. José Luís Jacinto e o responsável pela área desportiva, Almerindo Mota, há a intenção de haver um Campeonato Insular com o apoio da FPC, quiçá Ibérico. Este ano foi lançado este campeonato “piloto”, porque achámos que não podíamos esperar mais e era importante envolver os columbófilos das nossas ilhas, o objetivo é envolver agora os da Madeira e os das Canárias. Em termos competitivos, o nosso calendário vai até 8 de julho, data que marca o fim dos Campeonatos da Ilha Terceira. Depois temos uma outra solta, provavelmente na semana seguinte, a 15 de julho, uma prova que é a Clássica da Terceira. Em termos práticos, para terminar, faltam-nos três provas.

PARTICIPANTE

CLUBE

Ruben Paiva

Clube Columbófilo de São Miguel

AMIGOS DOS AÇORES

Clube Columbófilo de São Miguel

António Machado

Clube Columbófilo de São Miguel

Eduardo Freitas

Clube Columbófilo de São Miguel

Rui Rodrigues

Clube Columbófilo de São Miguel

Horácio Cabral

Clube Columbófilo de São Miguel

Sandro Leandre

Clube Columbófilo de São Miguel

André Barbosa

Clube Columbófilo de São Miguel

PETANIMA

Clube Columbófilo de São Miguel

Carlos Ferreira

Clube Columbófilo de São Miguel

José Soares

Sociedade Columbófila da Terceira

Antero Luís

Clube Columbófilo de São Miguel

Eduardo Franco

Clube Columbófilo de São Miguel

I CAMPEONATO INSULAR VELOCIDADE TERRA - MAR - TERRA

A todos os columbófilos açorianos gostava de pedir para não deixarem de apoiar os seus clubes e que não deixem de lutar por uma columbofilia insular unida. Se tentarmos copiar a columbofilia continental não vamos “a lado nenhum”, necessitamos é de aproveitar as potencialidades e as particularidades da nossa. Temos que usar todos os instrumentos para mostrar a qualidade da nossa columbofilia.

 
Quadro de Honra dos Vencedores de Santa Maria - Campeonato de São Miguel (Terra e Mar)

Aos columbófilos de Portugal Continental agradecia que reparem naquilo que se faz nos Açores, que é algo de meritório. Já não é uma columbofilia “de terceiro mundo”, quem vier aqui e visitar os nossos pombais, vai reparar que estão extremamente bem cuidados, com pombos-correio bem tratados e selecionados. De facto é uma columbofilia diferente, mas com muita qualidade.

Luís Soares
 
Eleições para a FPC – votação na sede do Clube Columbófilo de São Miguel
Encestamento no Clube Columbófilo de São Miguel
Pombos açorianos nas caixas de transporte
Columbófilos de São Miguel
Aniversário do Clube Columbófilo de São Miguel

No dia 27 de Novembro de 2013 o Clube Columbófilo de São Miguel comemorou13 anos
 
Em destaque os melhores pombos da campanha de 2013 e informações sobre o Clube
 
 
Um dos navios que faz o transporte dos pombos
 

Navio que faz o transporte dos pombos

Um dos aviões que faz o transporte dos pombos (SATA)

Carregamento dos pombos para as soltas

Carregamento dos pombos para as soltas


 Pombo Campeão 2012 -7556236/07 (Anilha de Ouro Geral) 


A presença de mais de 70 pessoas na festa de entrega de prémios de 2014

 

CLUBE COLUMBÓFILO DE SÃO MIGUEL

ENTREGA DE PRÉMIOS 2014

Columbófilos de São Miguel encerraram a Campanha com um churrasco, na sua sede social, que se situa na Fajã de Cima. Estiveram presentes cerca de 80 convidados entre os quais destacamos as imensas senhoras e meninas, cujo brilho rivalizava com as muitas flores expostas.

Após um abundante e saboroso repasto, deu-se início ao acto solene, com um breve resumo histórico sobre o pombo-correio, proferido pelo presidente do Clube Columbófilo - José Francisco... "O CC São Miguel sente-se muito honrado e agradecido pela presença de todos vós. Um muito obrigado às entidades oficiais que apoiam e acompanham atentamente a nossa actividade (Francisco Tavares - presidência do Governo Regional, Francisco Melo - Câmara Municipal, José Augusto - Junta de Freguesia, José Furtado - Casa do Povo)".

E continuou... "No seguimento dos anos anteriores, realizamos várias provas desportivas sendo na sua maior parte soltas realizadas na vizinha Ilha de Santa Maria. Na totalidade, foram soltos cerca de 3900 pombos dessa ilha. Realizaram-se ainda provas de alto mar e da Ilha Terceira e a presença de uma equipa nossa num derby em Portugal Continental.

Ano após ano, o nosso Campeonato vai tornando-se mais competitivo, mercê de maior dedicação por parte dos columbófilos, nomeadamente o aperfeiçoamento de treinos, tratamento e também a aquisição de novos exemplares.

É de salientar também a entrada de 10 novos sócios no decorrer dos anos 2013-2014.

Seguiu-se a distribuição de prémios aos melhores classificados, sendo que às equipas que não pontuaram, foi-lhes atribuído um troféu de participação.

 

Intervenção de José Francisco (Presidente Clube Columbófilo São Miguel)


Campeonato Equipas 1º Lusitanos, 2º Viriatos e 3º Eduardo Silva 


Campeonato Borrachos 1º Barbosa & Barbosa, 2º Antero Luis e 3º Andorinhas 


Melhores Pombos Campeonato Borrachos: Anilha de Ouro Barbosa & Barbosa 3477254/13, Anilha de Prata Barbosa & Barbosa 3477233/13 e Anilha de Bronze Lusitanos 3477453/13


Melhores Pombos Campeonato 2014: Anilha de Ouro Barbosa & Barbosa 2503385/12, Anilha de Prata Lusitanos 1479566/11 e Anilha de Bronze Barbosa & Barbosa 616162/10 


Campeonato Geral: 1º Lusitanos, 2º Viriatos e 3º Barbosa & Barbosa 


Campeonato Geral: 4º Horácio Oliveira e Família 


Campeonato Geral: 5º Eduardo Silva 


Campeonato Geral: 7º Antero Luís 


Campeonato Geral: 8º Andorinhas 


Campeonato Geral: 9º Eduardo Freitas 


Campeonato Geral: 10º Asas do Mar 

 

CLUBE COLUMBÓFILO DE SÃO MIGUEL

ENTREGA DE PRÉMIOS 2013


O Mais Jovem Columbófilo do Clube (Rodrigo) 

 

CLUBE COLUMBÓFILO DE SÃO MIGUEL

ENTREGA DE PRÉMIOS 2012


Prémios e pombos vencedores de 2012

 
Aspecto geral da comida (Restaurante Vaca Louca)


Aspecto geral 

 


Presença de Columbófilos de Lisboa (Luis Pinto, Helder e Bento Racha)


Vice-Campeão Geral ( Lusitanos ), Campeão Geral ( Viriatos ) e 3º Classificado Geral (André Barbosa)

   
                                Anilha de Ouro Geral 2012 (Viriatos) ----- Anilha de Prata Geral 2012 (Fernando Barbosa)

  
Anilha de Ouro Borrachos 2012 ( André Barbosa ) ----- Anilha de Bronze Geral 2012 ( André Barbosa)

 
  Anilha de Prata Borrachos (Fernando Barbosa) --------------------------Campeão Geral ( Viriatos ) 

 
   Vice-Campeão Geral ( Lusitanos ) ----- 3º Classificado Geral ( André Barbosa )

  
 
5º Classificado Geral 2012 (Fernando Barbosa) ------ 6º Classificado Geral 2012 (Horácio Cabral) 

 
 7º Classificado Geral 2012 (Francisco Teixeira) ---------- 8º Classificado Geral 2012 (José Teixeira) 
 
 
 9º Classificado Geral 2012 (Eduardo Jorge Silva) --------------- 10º Classificado Geral 2012 (Pescadores) 

 

POMBAL ESCOLA MUNICIPAL DE NORDESTE

GRANDE PRÉMIO JOSÉ FRANCISCO COSTA 2012

O Pombal Escola Municipal da Vila de Nordeste é uma infra-estrutura propriedade da Câmara Municipal da Vila de Nordeste e está localizado junto ao Parque de Campismo da Vila de Nordeste. Tem um enquadramento paisagístico fenomenal, tendo-se pretendido dar visibilidade à estrutura e resguardar e proteger os seus habitantes (pombos-correios).

É fruto de uma parceria entre a Câmara Municipal da Vila de Nordeste e o Clube Columbófilo de São Miguel. Tem acesso restrito pelas pessoas responsáveis (Comissão Organizadora) para protecção dos pombos-correios. O Pombal Escola Municipal da Vila de Nordeste agora criado, tem na sua essência alguns objectivos que importa esclarecer. Divulgar junto de todos os habitantes do Nordeste, Micaelenses e Açorianos em geral o que é a arte de criar, aduzir e voar pombos-correios, bem como, todos os aspectos relacionados com o seu ciclo de vida. Divulgar através de palestras, encontros, visitas guiadas junto das escolas do Concelho do Nordeste (e outros), estas actividades e a função do pombo-correio. Organizar visitas guiadas ao Pombal Escola de grupos que pretendam fazê-lo, com antecedência necessária, e de preferência com elementos da Comissão Organizadora e durante algum treino ou prova para melhor esclarecimento dos visitantes.

Permitir a toda a população do Concelho do Nordeste e visitantes, a observação destas aves, quer no seu repouso, quer nos seus treinos diários ou provas. Organizar soltas de promoção da actividade columbófila (respeitando sempre a condição desportiva destas aves). Organizar competição desportiva, tirando partido das excelentes condições da sua localização e da sua estrutura física. Será elaborado um calendário desportivo que estará afixado no placard junto ao Pombal, bem como, em todos os órgãos de divulgação da Câmara Municipal. A rotina diária, e a orientação desportiva dos atletas estará a cargo da Comissão Organizadora.  Pretendemos envolver todas as escolas, grupos e associações de jovens e outras interessadas em colaborar.

Estamos neste momento a entrar no terceiro ano de actividade e temos vindo a implementar sempre pequenas alterações com vista a melhorar esta actividade. De realçar, e em jeito de homenagem, que queremos atribuir o sucesso desta Organização a José Francisco Costa que, apesar de já não estar entre nós, foi o verdadeiro mentor, organizador, e impulsionador deste Pombal Escola. A ele se deve este projecto e em justo tempo terá a sua verdadeira homenagem. Lembramos e agradecemos tudo o que o José fez pela Columbofilia e em especial pelo Nordeste, sem retribuição, e sempre com um sorriso plantado nos lábios, independentemente das adversidades. Obrigado José, o teu projecto segue….

- Dia 18-01-2012, iniciamos a divulgação do nosso projecto pelas Entidades e Empresas do Concelho do Nordeste, para que possam patrocinar um pombo no Grande Prémio José Francisco Costa 2012.

- Em meados de Janeiro fizemos o acasalamento dos nossos casais de reprodutores para a época de 2012. São 20 casais seleccionados para nos dar borrachos para o Grande Prémio José Francisco Costa 2012.

- Em meados de Fevereiro nasceu o primeiro borracho de 2012 no Pombal Escola Municipal do Nordeste.

- No dia 14 de Fevereiro realizamos a primeira acção se divulgação do nosso projecto na Escola Básica e Secundária do Nordeste. Estivemos com a turma do 5º B e pudemos contar com o entusiasmo e iniciativa da Professora Lúcia Carreiro, coordenadora do Programa Eco-Escola.

- No dia 1 de Março, e na companhia da turma da Uneca, da Escola Básica e Secundária do Nordeste, do seu Professor Nuno Amaral e da Professora Lúcia Carreiro, divulgamos o nosso projecto a 271 alunos, através da apresentação de vídeo e solta de pombos nas Escolas Básicas da Salga, Achadinha, Algarvia e Lomba da Fazenda. Foram entregues os mealheiros construídos pela turma da Uneca a cada uma das escolas. O objectivo é que cada aluno se queira responsabilizar pelo pombo da sua escola oferecendo 2 a 5 cêntimos para ajuda na sua alimentação. Foi distribuído panfleto a cada aluno e desafiamos as meninas e meninos a "baptizarem" o pombo que iremos atribuir à sua escola. 

- Em Março, os alunos da turma 5.ªB da Escola Secundária do Nordeste elaboraram cartazes alusivos à Columbofilia e ao Grande Prémio José Francisco Costa 2012. Ficaram em exposição permanente na Escola para divulgação do Projeto a todos os alunos !!!

- No dia 3 de Março, realizamos sessão de esclarecimento e solta de pombos com uma vintena de Amigas e Amigos da Santa Casa da Misericórdia do Nordeste. Um agradecimento especial ao Provedor desta Instituição, Dr. Eduardo Medeiros, por ter entendido o nosso projecto e patrocinado um pombo. Foi distribuído panfleto e pedido que "baptizassem" o pombo que lhes iremos atribuir.

- No dia 15 de Março, realizamos sessão de esclarecimento e solta de pombos na Escola Básica da Vila do Nordeste. De novo na companhia da turma da Uneca, da Escola Básica e Secundária do Nordeste, e do seu Professor Nuno Amaral, divulgamos o projeto do Pombal Escola Municipal a cerca de 95 alunos, com idades entre os 3 e os 9 anos. Foi um prazer imenso ver a alegria com que as meninas e meninos desta Escola receberam esta nossa ideia. Foi distribuído panfleto e pedido que "baptizassem" o pombo que lhes iremos atribuir.

- No dia 17 de Março, recebemos no Pombal a simpática visita de 18 Escuteiros do Agrupamento de Santo António de Nordestinho. Sempre Alerta, compreenderam os objectivos das actividades que se vão realizar no Pombal Escola, e tornaram-se sócios do nosso Clube. Também lhes irá ser atribuído pombo para participarem no Grande Prémio José Francisco Costa 2012.

- No dia 30 de Março demos inicio à adução e treino dos borrachos nascidos no Pombal Escola Municipal do Nordeste em 2012.

- No dia 1 de Junho, Dia Mundial da Criança, estivemos presentes nas comemorações levadas a cabo pelas Escolas Básicas e Secundária do concelho e pela Câmara Municipal. Foi realizada uma solta de pombos e o sorteio de borracho a atribuir a cada uma das Escolas Básicas e Secundária do Concelho. Presença de cerca de 400 crianças!

- No final de manhã do dia 1 de Junho, recebemos com muita alegria as visitas ao Pombal Escola Municipal das Turmas do 5.º A, 5.º B e 5.º C, da Escola Secundária do Nordeste.

- Na tarde do dia 1 de Junho recebemos a visita ao Pombal Escola Municipal da Turma do Curso de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos da Escola Profissional do Nordeste (20 alunos). Foi sorteado o pombo a atribuir a esta Escola; anilha n.º 2503847 de 2012 – Pedrado. O nome escolhido para o pombo pelos alunos e alunas desta turma foi o de "HITMAN".

- No dia 9 de Junho estivemos reunidos em convívio e almoço com os Amigos do CACN. Foram sorteados os pombos a "atribuir" a cada Entidade participante no GPJFC 2012, e foi feita visita guiada ao pombal a todos os interessados.

- No dia 14 de Junho, apresentamos perante um Auditório Municipal cheio, o nosso projeto do Pombal Escola Municipal do Nordeste e Grande Prémio José Francisco Costa 2012 ao Grupo da Catequese da Vila do Nordeste. Estavam presentes os meninos e meninas da catequese, suas catequistas, seus pais e mães. Agradecemos desde já ao Senhor Padre Agostinho o entendimento desta atividade e o seu apoio.

- Dia 17 de Junho – começaram os treinos dos pombos participante no GPJFC 012 – solta da Lomba da Fazenda.

- Dia 18 de Junho - Já aderiram ao Grande Prémio José Francisco Costa 2012 cerca de 48 Entidades e Empresas do concelho num total de 54 pombos a concurso!

Sorteio de pombos e churrasco dia 09-06-2012

Parque de Campismo do Nordeste

Em frente ao pombal

 

 

 

 SOCIEDADE COLUMBÓFILA DA ILHA TERCEIRA

Entrega de Prémios 2009

Entrega de Prémios da Campanha Desportiva 2009

Almoço-Convívio de Entrega de Prémios 2009

1º Classificado 2009  - Pedro Toste

2º Classificado 2009 - Francisco Leonardo

3º Classificado 2009 - Jaime Areias

1º Classificado Campeonato Individual de Machos 2009 - Marco Freitas

Esposa de Marco Freitas a entregar a Anilha de Ouro a Pedro Toste

OS CAMPEÕES 2009

O Campião 2008 Pedro Toste a receber a faixa e a taça

2º Classificado 2008 - Francisco Leonardo

7º Classificado 2008 - Marco Freitas

 Troféu do 7º Classificado SC da Ilha Terceira (Marco Freitas)

Entrega dos prémios com muita animação

Esposas e filhos dos columbófilos

Os concorrentes e alguns sócios

 

COLUMBÓFILOS AÇORIANOS EM MIRA

Columbódromo de Mira 2009

Columbódromo de Mira 2009

Columbófilos Açorianos em Mira 2009

Leilão dos Borrachos Derby Mira 2009

 

CLUBE COLUMBÓFILO DE SÃO MIGUEL

Entrega de Prémios 2009 e 2010

Decorreu no passado dia 24 de Fevereiro 2011, no restaurante Fontenário da Fajã de Cima, em Ponta Delgada, o jantar de entrega de prémios das épocas de 2009 e 2010 do Clube Columbófilo de São Miguel.

Este jantar juntou cerca de 20 sócios, familiares, columbófilos e simpatizantes numa confraternização aberta e bem disposta. Estava em causa a distribuição dos prémios de 2009 e 2010 a todos os participantes nas campanhas. Vivemos bons momentos de amizade em que recordámos as provas, as suas dificuldades e, no fundo, a alegria em geral que a prática deste desporto nos proporciona.

Reálçamos os méritos dos vencedores, mas acima de tudo reálçámos o valor de todos os participantes nesta difícil disciplina da Columbófilia Nacional... a Columbófilia de Mar. Recordámos as duas provas de alto mar, de 75 e 90 milhas, respectivamente, com sucesso estrondoso. De facto, iniciámos (esperamos) uma página de futuro na conquista do mar e milhas, sempre com o grande objectivo de melhorar e aprimorar um tipo de pombo adaptado ao voo em São Miguel.

Tem sido uma luta gigantesca ao longo destes anos. Celebrámos também o 10º aniversário da fundação do nosso Clube (2000-2010)... 10 anos de competição, de alegrias, frustações, em que conseguimos pela primeira vez estar presentes com uma equipa na Exposição Nacional realizada em Elvas e lançámos as bases da nossa exposição de pombos-correio. 10 anos a glorificar o pombo insular, a lutar pela distinção e aceitação nacional desta vertente da columbófilia.

Queremos, no futuro, lutar mais afincadamente por esta aceitação, a exemplo das Canárias, na vizinha Espanha, e vamos interceder junto da FPC para que se faça regulamento para a Exposição Nacional de Columbófilia de Mar. Queremos ver no futuro os pombos dos Açores e Madeira em competição e expostos para que Portugal perceba de uma vez por todas a importância e alcance deste desporto no nosso território.

Foram estes os temas das conversas neste jantar e no nosso dia-a-dia.

Quanto aos vencedores, o ano de 2009 confirmou a esperança André Barbosa, columbófilo jovem e com ambição que se dedica de corpo e alma aos seus alados na procura incessante da perfeição. No ano de 2010, foram os Lusitanos, equipa de José Luís Francisco, columbófilo de outra experiência, já com alguma veterania e sempre procurando aumentar os feitos dos seus alados, estudando e dedicando-se ao seu desporto de eleição.

De realçar também em 2010 o terceiro lugar de uma promessa, o columbófilo Francisco Teixeira a prometer no futuro alcançar o topo pela sua insistência e perseverança. Em 2009 contámos com 15 equipas e em 2010 com 17, verificando-se um aumento do número de pombos enviados e classificados no final.

Campanha 2009

Campeonato de Santa Maria

Columbófilos: 1º - André Barbosa; 2º - Horácio Cabral; 3º - Gil Feliciano Melo

Melhor Colónia: 1º - André Barbosa; 2º - Horácio Cabral; 3º - João Silva Melo

Pombo Anilha Ouro: 7556861/07 - André Barbosa

Campeonato São Miguel

Columbófilos: 1º - João Silva Melo; 2º - Horácio Cabral; 3º - Francisco Teixeira

Melhor Colónia: 1º - João Silva Melo; 2º - Horácio Cabral; 3º - Francisco Teixeira

Pombo Anilha Ouro: 8590734/08 - Horácio Cabral

Campanha 2010

Meio-Fundo (São Miguel)

1º - Amigos dos Açores; 2º - Horácio Cabral; 3º - João Silva Melo

Melhor Pombo: 1011208 - Amigos dos Açores

Fundo

1º - Lusitanos; 2º - Viriatos; 3º - Francisco Medeiros; 4º - André Barbosa; 5º - José Alberto Teixeira; 6º - Horácio Cabral; 7º - João Silva Melo; 8º - António Manuel Couto; 9º - Amigos dos Açores; 10º - Os Neves

Melhor Pombo: 1103812 - Lusitanos

Dois grandes columbófilos da ilha de São Miguel, Luís Soares e Horácio Cabral (Exposição Nacional Elvas 2008)

José Luís -  Columbófilo conceituado dos Açores!

André Barbosa - Jovem revelação do desporto columbófilo nos Açores

 

DERBY DOS AÇORES

"POMBAL ESCOLA MUNICIPAL DO NORDESTE"

Oriundo de uma pequena localidade, sede do Concelho do Nordeste , da Ilha de S.Miguel, Açores onde a Columbófilia era quase totalmente desconhecida, existe um columbófilo (único inscrito na Federação Portuguesa de Columbófilia) que muito tem feito pela divulgação e promoção desta modalidade desportiva, trata-se de José Francisco Pacheco Costa. 
 
Com o objectivo de divulgar este desporto , este columbófilo tomou a iniciativa em conjunto com a Câmara Municipal de Nordeste, na construção de um POMBAL que se denominou "POMBAL ESCOLA MUNICIPAL DO NORDESTE".
 
Esta iniciativa tem dois objectivos em simultâneo - a prática do desporto em si e ao mesmo tempo divulgar a actividade da Columbófilia junto das escolas, associações, centros de dia, escuteiros, assim como em todos os grupos culturais existentes em todas as freguesias do Concelho.
 
De salientar ainda que a vertente divulgação engloba visitas guiadas ao Pombal com respectivas explicações sobre a modalidade.
 
Este pequeno grupo amador gostaria de poder contar com o apoio dos columbófilos do continente, pois pretendem realizar provas regionais - e de mar entre ilhas.
 
 Embora ainda muito recente, este Derby já tem alguns columbófilos conhecidos do Algarve interessados em mandar pombos para este Pombal, ficando desde já lançado o repto a todos os columbófilos portugueses que desejem enviar os seus borrachos para este Derby.
 
Desta forma, pretende-se criar um estreito elo de ligação com os columbófilos do continente, assegurando a aquisição de conhecimentos e permitindo potenciar o desenvolvimento columbófilo da região.
  
José Carlos (Faro-Algarve-Portugal)
 
 
 

 

PROVA FINAL

II GRANDE PRÉMIO NORDESTE 2010

CLUBE COLUMBÓFILO DE SÃO MIGUEL --AÇORES
 Prova: 2010-24 SANTA MARIA

Distância: 97.218 - Enviados: 65

SOLTA 9H00 - 25-07-2010

Foram encestados 65 pombos para a prova final.

No primeiro dia de prova apenas foi marcada 1 pombo, uma fêmea de 3 meses do Agrupamento de Escoteiros de Santo António do Nordeste.

Prova duríssima como sempre, mantemos a continuação da prova. 

A Comissão Organizadora

Vídeo da chegada do vencedor do Derby do Nordeste 2010

 

 TREINOS

CLUBE COLUMBÓFILO DE SÃO MIGUEL --AÇORES
 Prova: 2010-23 LAGOA

Distância: 40.061 - Enviados: 65

Vídeo de Lagoa

 

CLUBE COLUMBÓFILO DE SÃO MIGUEL --AÇORES
 Prova: 2010-22 MOSTEIROS

Distância: 59.420 - Enviados: 66

Vídeo dos Mosteiros

 

CLUBE COLUMBÓFILO DE SÃO MIGUEL --AÇORES
 Prova: 2010-21 RELVA

Distância: 51.992 - Enviados: 73

Vídeo do Miradouro da Relva

 

Clube Columbófilo de São Miguel - Açores
 Prova : Mar 25 milhas
Distância: 48.818 - Enviados: 73
  
 
NOTA DA ORGANIZAÇÃO
 
Deu-se início no passado dia 18-07-2010 às provas oficiais (treinos) do II Grande Prémio do Nordeste 2010.
Por razões logísticas e meteorológicas vimo-nos obrigados a adiar a prova final de Santa Maria para o dia 24-07-2010. Assim optámos por fazer pela primeira vez um treino a 25 milhas no mar. De referir que já anteriormente os pombos do Pombal tinham realizado diversos treinos de adaptação e orientação em toda a ilha de São Miguel, com muito bons resultados.
 Os pombos foram largados ás 13h30 dia 18-07-2010 num dia excepcional de muito boa visibilidade de referir que para o primeiro treino de mar em cerca de 2 minutos e meio marcámos 71 pombos.
 

PROVA DE 25 MILHAS

 

Ø  DIA - 18/07/2010

 

Ø  HORA - 13:30

 

Ø  Estado do Tempo – Vento - 7 nós de Sudoeste, céu limpo

 Largada  sem  nada de relevância a assinalar, juntaram-se num bando só e seguiram em direcção a São Miguel

Vídeo do carregamento no barco para a solta

 TREINOS/PROVAS DO GRANDE PRÉMIO DO NORDESTE

TREINO

HORA

LOCAL

25 MILHAS COSTA

13H30

18-07-2010

RELVA

10H30

20-07-2010

MOSTEIROS

11H30 

22-07-2010

LAGOA

 

 23-07-2010

ENCESTAMENTO PROVA FINAL

09H00

24-07-2010

PROVA FINAL-SANTA MARIA

09H00

25-07-2010

 

 

 

 

 

LISTA DOS CONCORRENTES DO POMBAL MUNICIPAL DE NORDESTE 

Nome do Concorrente

Anilha

Localidade

Águias Belmonte

200676

Tavira - Algarve

Águias Belmonte

200673

Tavira - Algarve

Agrupamento Escoteiros V. Nordeste

615123

Nordeste - Açores

Agrupamento Escoteiros V. Nordeste

615139

Nordeste - Açores

Agrupamento Escoteiros Sto António

615111

Sto António Nordeste

Agrupamento Escoteiros Sto António

615128

Sto António Nordeste

Agrupamento Escoteiros Achadinha

615133

Achadinha - Açores

Agrupamento Escoteiros Achadinha

615137

Achadinha - Açores

Agrupamento 968 – Lomba da Fazenda

615116

Fazenda -Nordeste - Açores

Agrupamento 968 – Lomba da Fazenda

615149

Fazenda – Nordeste - Açores

Agrupamento 1300 – Pedreira

615129

Pedreira – Nordeste - Açores

Agrupamento 1300 – Pedreira

615143

Pedreira – Nordeste - Açores

Américo & Américo

218712

Faro - Algarve

Amizade 2000

615110

Fazenda Nordeste - Açores

Amizade 2000

615140

Fazenda Nordeste - Açores

António Couto

615107

P. Delgada - Açores

António Couto

615108

P. Delgada - Açores

Associação H. Bombeiros V. Nordeste

615101

Nordeste - Açores

Associação H. Bombeiros V. Nordeste

615134

Nordeste - Açores

Associação Sol Nascente

615130

Salga – Nordeste - Açores

Associação Sol Nascente

615151

Salga – Nordeste - Açores

Élio Fernando Miguel Carmo

219197

Faro - Algarve

Escola Profissional de Nordeste

615150

S. Pedro Nord. - Açores

Escola Profissional de Nordeste

615138

S. Pedro Nord. - Açores

Fernando Joaquim Laranjeira Silva

198421

Loulé - Algarve

Fernando Joaquim Laranjeira Silva

198429

Loulé - Algarve

Fernando Joaquim Laranjeira Silva

198431

Loulé - Algarve

Fernando Joaquim Laranjeira Silva

198436

Loulé - Algarve

Francisco Medeiros Teixeira

615488

P. Delgada - Açores

Francisco Medeiros Teixeira

615492

P. Delgada - Açores

Joaquim António Rego Bravio

218510

Faro - Algarve

João Silva Melo

615103

Ribeirinha - Açores

João Silva Melo

615114

Ribeirinha - Açores

João Silva Melo

615147

Ribeirinha - Açores

José António Barradas Domingos

218841

Faro - Algarve

José Alberto Branco Teixeira

615487

R. Grande - Açores

José Alberto Branco Teixeira

615489

R. Grande - Açores

Nome do Concorrente

Anilha

Localidade

José Elpidio Fernandes Galego

218511

Faro - Algarve

José Francisco Pacheco Costa

615098

Nordeste - Açores

José Francisco Pacheco Costa

615112

Nordeste - Açores

José Francisco Pacheco Costa

615117

Nordeste - Açores

José Francisco Pacheco Costa

615141

Nordeste - Açores

José Francisco Pacheco Costa

615145

Nordeste - Açores

Jorge Fernando Ramos Cabrita

219199

Faro - Algarve

Luís Maurício Machado Soares

615124

P. Delgada - Açores

Luís Maurício Machado Soares

615127

P. Delgada - Açores

Lucrécia Moniz Raposo da Costa

615131

Nordeste - Açores

Lucrécia Moniz Raposo da Costa

615136

Nordeste - Açores

Lucrécia Moniz Raposo da Costa

615144

Nordeste - Açores

Lucrécia Moniz Raposo da Costa

615142

Nordeste - Açores

Manuel João Madeira Bejnha

218847

Faro - Algarve

Manuel João Madeira Bejnha

218842

Faro - Algarve

Mário Jorge Teixeira Mendonça

209032

Tavira - Algarve

Mário Jorge Teixeira Mendonça

209033

Tavira - Algarve

Mário Jorge Teixeira Mendonça

209034

Tavira - Algarve

Mário Jorge Teixeira Mendonça

209035

Tavira - Algarve

Nuno Jorge da Silva Bonito

218376

Faro - Algarve

Os Alentejanos

218933

Faro - Algarve

Paulo Jorge Sousa Diogo

615254

R. Grande - Açores

Paulo Jorge Sousa Diogo

615208

R. Grande - Açores

Rogério Paulo Câmara Brilhante

615563

P. Delgada - Açores

Rogério Paulo Câmara Brilhante

615570

P. Delgada - Açores

Rui Miguel Câmara Brilhante

615573

P. Delgada - Açores

Rui Miguel Câmara Brilhante

615564

P. Delgada - Açores

Steven Angélico e Mata 7

219267

Faro - Algarve

Steven Angélico e Mata 7

219303

Faro - Algarve

Steven Angélico e Mata 7

219346

Faro - Algarve

Steven Angélico e Mata 7

219375

Faro - Algarve

Steven Angélico e Mata 7

219311

Faro - Algarve

Vitor Brito Picanço

193373

Olhão - Algarve

Vitor Brito Picanço

193375

Olhão - Algarve

 

 

 

 Nome do Concorrente

 Anilha

 Localidade

 

 

 

Vitor Brito Picanço

193377

Olhão - Algarve

Vitor Brito Picanço

193381

Olhão - Algarve

Vitor Brito Picanço

193391

Olhão - Algarve

Vitor Brito Picanço

193396

Olhão - Algarve

Vitor Brito Picanço

193398

Olhão - Algarve

Vitor Brito Picanço

193412

Olhão - Algarve

 

 

 

Pombal Escola Municipal de Nordeste - Açores

 
Pombal Escola Municipal de Nordeste - Açores
 
Inauguração Pombal Escola Municipal de Nordeste - Açores
 
  
 
 
 
 
 
 
 
Columbófilos de Portugal, da Madeira e dos Açores, uma família irmanada pelo desporto columbófilo !!! Rui Teixeira (Madeira) - João Ventura (Setúbal) - Luís Pepe (Évora) - Inocêncio Mendes (Braga) - Luís Soares (Açores) - Capela da Costa (Setúbal) - Artur Gomes (Santarém), André Barbosa (Açores) entre outros - Exposição Nacional e Ibérica Elvas 2008 (Jantar de Amizade - Hotel Brasa)  
 
  

Teatro Ribeiragrandense recebe a 7ª Exposição de Columbófilia

 

Na exposição no foyer do Teatro Ribeiragrandense


A morfologia e as milhas percorridas no campeonato de clube foram os aspectos mais determinantes para a avaliação dos melhores pombos-correio de São Miguel, ontem em exposição no foyer do Teatro Ribeiragrandense.

A VII Exposição Regional de Pombos-correio dos Açores foi organizada pelo Clube Columbófilo de São Miguel e contou com o apoio da Câmara Municipal da Ribeira Grande e da Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC).

Dos 60 pombos-correio presentes, os três juízes internacionais e distritais classificaram uma dezena de animais para ocuparem os três primeiros lugares nas classes de Standard Borracho Machos e Fêmeas e Classe Livre de Machos e Fêmeas.

Os pombos-correio de José Luís Francisco do Clube Columbófilo de São Miguel conquistaram os primeiros lugares em três classes, nomeadamente na Standard Borracho Machos e Fêmeas e Classe Livre Fêmeas.

O Pombo de André Barbosa ficou em primeiro lugar na classe Livre Machos.

Os pombos foram classificados pelos Juízes Internacionais Artur Gomes e Rui Teixeira e pelo distrital Pedro Almeida.

 

Exposição Regional de Pombos-Correio na Ribeira Grande 

 Terça-feira, dia 8 de Dezembro 2009, entre as 15h00 e as 21h00, o foyer do Teatro da Ribeira Grande recebe a  VII Exposição Regional de Pombos-Correio dos Açores, organizada pelo Clube Columbófilo de São Miguel e conta com o apoio da Câmara Municipal da Ribeira Grande e da Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC).
 
Fazem parte deste evento 60 pombos-correio, da ilha de São Miguel nas classes de Borracho Machos e Fêmeas e Classe Livre de Machos e Fêmeas.

Os pombos serão classificados por Juízes Internacionais e distritais de Columbofilia, nomeadamente Artur Manuel Gomes, Rui Manuel Andrade Teixeira e Pedro Almeida.

Haverá ainda classificação para o melhor exemplar da VII Exposição Regional de Pombos-correio dos Açores. A entrega de prémios está marcada para as 15h00, no Teatro Ribeiragrandense numa cerimónia presidida pelo Presidente da Câmara Municipal, Ricardo Silva.
 
 

COLUMBÓFILIA - Entrevista no "Bom Dia Açores" : Luís Soares - Pres. Clube Columbófilo de São Miguel - AÇORES

 

Desde pequeno desenvolve a modalidade em seio familiar: André Barbosa e a grande paixão pelos pombos !!!

08 Março 2009 [Correio dos Açores - Desporto]

Paixão indescritível. É assim que André Barbosa, natural da Fajã de Cima, descreve o gosto de ser columbófilo. Desde muito cedo sentiu o bater do seu coraçãozinho de gostar de animais “puxado” ou não pela influência da família para a modalidade há cerca de dez anos, actualmente com 21 anos, continua a entusiasmar-se pela modalidade e pelos pombos ao ponto de os considerar como membros da sua família.

Quando começou a dedicar-se à columbofilia e porquê?
“Desde pequeno sempre gostei muito de animais, então comecei com uns passarinhos para exposições, seguindo-se em 2001 pela criação de pombos correio, com um casalinho de pombos, a coisa foi crescendo, crescendo e actualmente tenho uma colónia de mais de uma centena de pombos”.

Vem de família o gosto pela columbofilia?
“Parece que sim. Dizem-me que o meu avô, que infelizmente não cheguei a conhecer, já se dedicava à columbofilia”.

De que tipo de pombos é composta a sua colónia?
“São todos pombos correio e estão preparados para a competição. Tenho um pouco de tudo, desde os Simões, Elóis aos Celes. Agora, dentro dos pombos correio existem várias linhas cultivadas por vários columbófilos, cada pessoa cultiva as suas linhas. No meu caso vou cruzando para apurar uma raça cada vez melhor”.

Que distâncias percorrem os seus pombos?
“Fazemos largadas de duzentos ou trezentos quilómetros, “meio fundo” que são de quatrocentos a quinhentos de quilómetros de profundidade e o “fundo” que vai para além dos seiscentos mas que pode até chegar a mais de novecentos quilómetros de distância. Nós nos Açores, dedicamo-nos mais à especialidade de “fundo” por causa das nossas provas de mar, que são muito diferente das de terra, são mais complicadas”.

Em que provas costuma competir?
“Normalmente nas provas de Santa Maria, que são largadas de cem quilómetros, que podem durar de 1:20 a 4:00 horas. São provas com alguma inconstância, devido ao clima que acaba por ter alguma influência nos pombos.
Neste momento estamos a dar os primeiros passos para as provas da ilha Terceira, pelo que estou a preparar os meus pombos para viajarem daquela ilha até nossa ilha, cuja distância é de cento e oitenta quilómetros por mar, o que já se torna muito complicado”.


Qual é o modelo das provas?
“Os pombos vão de avião para Santa Maria ou Terceira, faz-se a largada e os pombos têm como objectivo regressar a casa”.

Regressam sempre ao ponto de partida?
“Infelizmente há pombos que não regressam”.

O que sente quando vê que um pombo seu não regressou a casa?
“Para quem cria aquele bichinho com tanto amor e que todos os dias olha para ele de uma forma diferente, que é isso a columbofilia, sente uma enorme tristeza, porque aqueles pombinhos são como membros da nossa família”.

Os seus pombos já conquistaram provas, quais?
Campeonato de 2003 - antepenúltimo lugar; Campeonato de 2004- 15.º lugar de 19 concorrentes; Campeonato de 2005, 17.º lugar de 19 concorrentes; Campeonato de 2006, reforço da colónia; Campeonato de 2007, 3.º Geral; 3.º lugar Equipes; 3.º lugar Campeonato de Santa Maria; 1.º Lugar Campeonato Juventude (Anilhas de Ouro, Prata e Bronze); Campeonato de 2008”.

 O que sente quando vê os seus pombos a competir?
“Sinto uma enorme alegria, uma chegada de pombos é uma sensação indescritível”.


É uma pessoa atenta à realidade da columbofilia?
“Sim! Estou sempre atento à nossa realidade de tudo o que passa em São Miguel e nas restantes ilhas que praticam a columbofilia e tenho grandes amigos no Continente, que deram uma grande ajuda na aquisição de pombos com os quais estou em permanente em contacto”.

 Há quem diga que faz muitos diálogos com os seus pombos?
“É verdade, falo muito com eles. Tenho muito carinho por eles, procuro sempre que nada lhes falte, desde a sua boa alimentação à sua saúde”.

 Acha que a columbofilia devia ter uma maior atenção do poder local?
“Felizmente as Junta de Freguesia da Fajã de Cima e Câmara Municipal da Ribeira Grande apoiam-nos desde as exposições à vinda dos juízes. O mesmo gostaria que acontecesse da parte da Câmara Municipal de Ponta Delgada porque temos uma carga de custos sobre os pombos a nível de clube que cada vez se torna mais difícil suportar, os sócios é que têm acarretado com as despesas”.

Quais são os seus objectivos para esta temporada?
“A época vai arrancar no dia 22 de Março, com as 15 provas de Santa Maria, 15 em São Miguel e 4 na ilha Terceira e, no final, o clube organiza o campeonato de borrachos. Gostava de vencer de novo o campeonato”

André Barbosa na Exposição Nacional em Elvas 2008

Pombal actual de André Barbosa - Açores 

Columbófilia : Um Desporto Familiar - irmão, mãe e irmã de André Barbosa junto ao antigo pombal

Alguns exemplares da colónia de André Barbosa (pombal dos machos viúvos)

Palmarés de André Barbosa : 3º Classificado na Geral - 3º Classificado Equipas - 3º Classificado Santa Maria - 1º Classificado Jovens - Jovem Revelação - Anilha Ouro, Prata e Bronze na Juventude!

 

 

Concentração de pombos na Ribeira Grande

Na próxima segunda-feira (08/12/2008), entre as 15h00 e as 22h00, o Teatro da Ribeira Grande recebe a III Exposição Columbófila de Mar – Açores, Madeira e Canárias -, a VI Exposição Regional de Pombos-Correio dos Açores e a IV Exposição Insular Nacional Açores – Madeira.

A exposição é organizada pelo Clube Columbófilo de S. Miguel e conta com o apoio da Câmara Municipal da Ribeira Grande e da Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC).

Farão parte do evento 60 pombos-correio, sendo 50 de S. Miguel e 10 da Madeira. Os pombos serão classificados durante a manhã de segunda-feira, por dois Juízes Nacionais de Columbofilia da Madeira, nas Classes de Borrachos Standard, Livre Mar, Terra Standard e na Classe Sport Mar e Terra.

 Haverá ainda classificação para o melhor exemplar da VI Exposição Regional de Pombos-correio dos Açores e da IV Exposição Insular Açores – Madeira.

A entrega de prémios está marcada para as 15h00, no Teatro Ribeiragrandense numa cerimónia presidida pelo Presidente da Câmara Municipal, Ricardo Silva.


Ribeira Grande, 9 de Dezembro de 2008 – Os pombos dos Açores foram os melhores classificados na maioria das classes da exposição columbófila, que decorreu ontem no Teatro Ribeiragrandense.

 Os Juízes decidiram atribuir o primeiro lugar aos pombos dos Açores de José Costa, na Classe Standard Livre Geral e de Horácio Cabral, na classe Sport Mar-Terra. Na Selecção Açores, o pombo de João Melo conquistou também o primeiro lugar.

Na Classe Standard Borrachos, o primeiro lugar foi atribuído ao pombo de Paulo Sérgio do arquipélago da Madeira.


Tratou-se da III Exposição Columbófila de Mar – Açores, Madeira e Canárias e da VI Exposição Regional de Pombos-Correio dos Açores e a IV Exposição Insular Nacional Açores – Madeira.

A exposição foi organizada pelo Clube Columbófilo de São Miguel e contou com o apoio da Câmara Municipal da Ribeira Grande e da Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC). Fizeram do evento 60 pombos-correio, sendo 50 da ilha de São Miguel e dez da Madeira.

 Os pombos foram classificados por dois Juízes Nacionais de Columbofilia do arquipélago da Madeira, nas Classes de Borrachos Standard; Livre Mar e Terra Standard e na Classe Sport Mar e Terra.

 Houve ainda a classificação para o melhor exemplar da VI Exposição Regional de Pombos-correio dos Açores e IV Exposição Insular Açores – Madeira.

 

Veja o interessante vídeo e a reportagem da RTP AÇORES, sobre a II Exposição Columbófila de Mar - Açores, Madeira e Canárias, da V Exposição Regional de Pombos-Correios e da III Exposição Insular Nacional Açores - Madeira !!!

       RTP AÇORES   

     Os pombos dos Açores foram os melhores classificados em todas as classes (borrachos e livre) da exposição columbófila, que decorreu  no Pavilhão Municipal Fernando Monteiro da Ribeira Grande. Tratou-se da II Exposição Columbófila de Mar – Açores, Madeira e Canárias e da V Exposição Regional de Pombos-Correios dos Açores e a III Exposição Insular Nacional Açores – Madeira.

Os Juízes nacionais convidados para classificar os 60 pombos decidiram premiar como os melhores da exposição (Best in Show) os pombos dos Açores de Lucrécia Costa (1º lugar da Classe livre); José Francisco (2º lugar da Classe Borrachos) e André Barbosa (3º lugar da Classe Borrachos).

Da exposição, organizada pelo Clube Columbófilo de São Miguel e que contou com o apoio da Câmara Municipal da Ribeira Grande e da Federação Portuguesa de Columbofilia (FPC) fizeram parte 60 pombos-correios, sendo 45 pombos da ilha de São Miguel (Clube Columbófilo S.Miguel) e 15 pombos da ilha da Madeira (Grupo Columbófilo Pérola do Atlântico).

A Ilha Terceira não se fez representar por dificuldades de logística interna, e as Canárias também não se fizeram representar, pelo simples facto de coincidir com todas as suas exposições locais.

Os pombos foram classificados durante a manhã, por dois Juízes Nacionais de Columbofilia do arquipélago da Madeira e de Évora. Na abertura da exposição, o Presidente da Câmara Municipal, Ricardo Silva, lançou o desafio ao Clube Columbófilo de São Miguel de abrir mais pombais no concelho, principalmente nas escolas, de forma a promover a columbofilia junto da população.

O autarca deixou a garantia que de que autarquia está disposta a apoiar a abertura destes pombais, tal como já fez com o existente no Centro de Actividade Ocupacionais da Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande.

Integrado na mesma exposição, esteve uma mostra de dezenas de documentos e objectos ligados à columbofilia, pertencente a Capela da Costa. São selos, medalhas, chávenas, revistas, recortes de jornais, artigos de columbófilia internacional, nacional e regional, cartões de pombos,  entre outros, seleccionados de entre 55 mil objectos e documentos que aquele columbófilo foi reunindo ao longo dos anos. 

CLASSIFICAÇÕES DA EXPOSIÇÃO AÇORES 2007

SELECÇÃO AÇORES 2007 (CLASSE BORRACHOS)

1º - 7556212/07 - JOSÉ LUÍS FRANCISCO - CC SÃO MIGUEL
2º - 7556864/07 - ANDRÉ BARBOSA - C.C.S.M.
3º - 7556213/07 - JOSÉ LUÍS FRANCISCO - C.C.S.M
4º - 7556952/07 - CLÁUDIO NEVES - C.C.S.M.
5º - 7556644/07 - JOÃO MELO - C.C.S.MIGUEL

STANDARD LIVRE

1º - 6622298 - LUCRÉCIA COSTA - C.C.SÃO MIGUEL
2º - 6622584 - LUCRÉCIA COSTA - C.C.S.M.
3º - 6622545 - JOSÉ F. COSTA - C.C.SÃO MIGUEL

SPORT MAR-TERRA

6622054/06 - ANDRÉ BARBOSA - C.C.SÃO MIGUEL
5703553/05 - RUI SILVA - PÉROLA DO ATLÂNTICO
 828826/00 - JOÃO MELO - C.C.SÃO MIGUEL

SPORT ALTO-MAR

1752317/01 - PAULO SÉRGIO - PÉROLA DO ATLÂNTICO
6636135/06 - RUI SILVA - PÉROLA DO ATLÂNTICO
2163022/02 - PAULO SÉRGIO - PÉROLA DO ATLÂNTICO

Juízes Classificadores Nacionais : Artur Gomes, Capela da Costa e João Ventura

Capela da Costa e João Ventura

Luís Pepe, André Barbosa e Rui Teixeira

 

André Barbosa com os prémios conquistados na 5ª Exposição Regional

Capela da Costa e André Barbosa

João Melo - João Ventura - Capela da Costa

  

 

 

UTENTES DO CENTRO DE RABO DE PEIXE VÃO TER CONTACTO COM POMBOS-CORREIOS !!!

O Centro de Actividades Ocupacionais de Rabo de Peixe, inaugurado no mês de Dezembro de 2007, em Ponta Delgada, vai apoiar 15 pessoas com necessidades educativas especiais, que ali poderão encontrar actividades e equipamentos adequados.

Graças a uma parceria entre a Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande e a Federação Portuguesa de Columbófilia (F.P.C.), irá ser desenvolvida uma terapia que contempla o contacto dos utentes do Centro com Pombos-Correios.

O protocolo foi rubricado na cerimónia de inauguração desta instituição, onde esteve presente o Presidente do Governo Regional dos Açores (Carlos César), sendo o principal objectivo do Governo dos Açores "tornar o apoio social cada vez mais baseado na necessidade, na diferenciação, na especialização, na proximidade e na afectividade", disse Carlos César; cujas obras mereceram do Governo Regional dos Açores uma comparticipação de 150 mil euros.

 

 

CAMPEONATO DE COLUMBÓFILIA 

Pombos correio nos céus dos Açores !!!  

Publicado Quarta-Feira, dia 26 de Março de 2008, em Actualidade

 

A Sociedade Columbófila da Terceira deu início no princípio de Março a mais uma edição do seu campeonato de columbofilia.

A competição, que decorre até meados de Julho, consiste de várias largadas de pombos com início em S. Jorge (Calheta e Velas), Pico (Madalena e S. Roque), Faial (Horta) e para finalizar Flores e S. Miguel. O destino dos pombos correio é a Terceira, onde os cerca de 30 sócios concorrentes da Sociedade recebem os seus animais.

“Os bombeiros largam os pombos nas ilhas e eles depois seguem até casa”, explica Francisco Evangelho, presidente da Sociedade. “Numa largada da Calheta os pombos levam cerca de 1h a chegar, se for do Faial leva perto de 1h45m”.

Nestas provas a classificação é obtida a partir dos primeiros 20% de todos os pombos largados, ou seja, se partirem 100, só os 20 primeiros contam para a classificação final. Desta forma, acontece muito os columbófilos mais experientes dominarem a classificação, dando poucas hipóteses aos mais novos.

O controle de chegadas dos pombos é feito de duas maneiras. No método mais antigo, os pombos levam uma borracha na pata que é retirada quando chegam e colocada em relógios próprios. No entanto, também na columbofilia a tecnologia marca pontos e agora já existe um método em que é colocado um chip na pata do pombo e este, ao chegar ao pombal, emite um sinal para uma placa previamente instalada sendo depois os dados facialmente transportáveis para um computador onde são feitos os registos de chegada de todas as aves.

Para participar em todas as provas do campeonato um columbófilo deve ter perto de 30 pombos “batidos”, aves que já participaram neste tipo de provas e estão habituados a lidar com situações climatéricas adversas.

“Todos os anos cada participante perde, em média, 20% dos seus pombos, especialmente os borrachos (pombos mais novos) que não estão habituados a certas condições”, afirma o presidente da Sociedade Columbófila.

Actividade que exige tempo e (algum) dinheiro  

A columbofilia é uma actividade que requer tempo e alguma despesa. Segundo Fernando Evangelho, os pombos “precisam de cuidados anuais em termos de vacinação, desparatização e alimentação e no Verão, quando as pessoas querem fazer outras coisas, é quando os pombos precisam de mais cuidados, o que faz com que muitos jovens se desinteressem da actividade”.

Além disso, um pombo-correio não fica propriamente barato.

“ Um borracho custa perto de 50 euros, um pombo adulto anda por volta dos 200, 250 euros e se pretender fazer criação, conseguir um casal de reprodutores certificado pode atingir valores entre os 1500 e 2000 euros”, diz Fernando Evangelho.

No entanto, estes valores são baixos se tivermos em conta que o presidente da Sociedade recorda já ter visto num jornal um pombo - correio proveniente de uma linhagem de “campeões” vendido por 27 mil contos.

No entanto, alguém que pretenda começar nesta actividade e se dirija à Sociedade Columbófila, os outros sócios oferecem normalmente alguns borrachos para iniciar.

O treino deve ser feito aos poucos primeiro com voos de cerca de 30-40 minutos à volta de casa.

Com o tempo a distância vai aumentando com largadas de uma ponta à outra da ilha ou pedindo aos pescadores para largarem os pombos em alto mar de modo a ficarem com preparação. A partir dos seis meses estão prontos a participar em provas.

Fundada em 1993,a Sociedade Columbófila da Terceira leva também a cabo anualmente um campeonato para borrachos, que tem lugar a partir de Julho e onde entram pombos nascidos em Janeiro desse ano e faz regularmente largadas em escolas, ATL´s ou em Impérios, sempre que nos pedem, diz Fernando Evangelho.

Renato Gonçalves

renato@auniao.com   Jornal União On-Line