José Carlos Almeida Rosa

 ReportagensVisitas: Contador de Visitas 
ASSOCIAÇÃO COLUMBÓFILA DE CARREGOSA 03-08-2008

Associação Columbófila de Carregosa distribuiu prémios Campanha Desportiva 2008

A Associação Columbófila de Carregosa entregou os prémios referentes à campanha de 2008. Se é verdade que serviu para consagrar o campeão, José Manuel Miranda, a verdade é que, como salientou o presidente da Junta, sem vencidos não haveria campeão.

Na festa dos columbófilos carregosenses, notou-se a presença de muitas senhoras e até de crianças, já com o ‘bichinho’ da modalidade bem entranhado no corpo. José Tavares, Presidente da Mesa da Assembleia-Geral, realçou a presença das senhoras e crianças, ao mesmo tempo que agradeceu “aos columbófilos que estiveram com os órgãos sociais, ao Presidente da Junta de Freguesia, e às pessoas que ofereceram borrachos para o nosso leilão”.

Também o Presidente da Direcção reconheceu o apoio de alguns columbófilos, nomeadamente de Mário Melo, Fausto Estrela, José Miranda e Jorge Filipe, que ajudaram nos encestamentos. Leonel Tavares assumiu pública e particularmente o apoio de Adelino Tavares pela ajuda prestada em todos os concursos.

Em tarde de agradecimentos, o presidente da Junta, antigo columbófilo e membro da direcção, parabenizou quantos praticam a modalidade, porque, enfatizou, “columbófilo não é um qualquer, é preciso saber sê-lo”. Além disso, não esqueceu a direcção “por manter viva esta actividade”.

Recordando os seus tempos de columbófilo, Diamantino Melo considerou que “há 40 anos não havia almoços como hoje, mas havia convívio”. Agora, notou surpreendido o autarca,”há muitas senhoras, enquanto no meu tempo raramente se viam. Bem hajam e continuem a apoiar os vossos maridos”.

 A Sociedade Columbófila de Carregosa distribuiu pelos 26 columbófilos 7 900,00 euros em prémios monetários e 1 000,00 em utilitários.

De pequenino…
Não passou despercebida a presença de crianças a receberem os prémios. Foi o caso das netas de José Miranda e de um sobrinho de Mário Melo. Tiago Melo, com oito anos de idade, antes de ir para a escola, passa pelo pombal e não deixa de colaborar. O pequeno columbófilo já ‘reivindicou’ junto dos tios uma bata igual à que usam no pombal.

Associação Columbófila de Carregosa

Classificação Geral 2008

1º José Miranda
2º Mário Melo
3º Alfredo Martins
4º José Oliveira
5º António Melo
6º Rui Monteiro
7º Vítor Braga
8º Leonel Almeida
9º António Valente
10º Fausto Estrela


Campeão de Fundo
1º Mário Melo

Campeão de Meio-Fundo
1º José Miranda

Campeão de Velocidade
1º José Miranda

Taças de Eliminatórias
Nacional – Mário Melo
Internacional – António Melo


Pombos
Geral – 6498724 – 06 – José Miranda
Fundo – 6471101 – 06 – António Melo
Meio-Fundo – 6470192 – 06 – Mário Melo
Velocidade – 6470082 – 06 – Mário Melo
Borrachos – 7116739 – 07 – Alfredo Martins


Campeonato feminino
1ª Cristina Lopes
2ª Irene Melo
3ª Beatriz e Jessica Miranda
4ª Almira Almeida
5ª Ana Rita Monteiro

Sede já é uma realidade em Carregosa

Em 1960, um punhado de columbófilos da freguesia e um jovem, que hoje é o Presidente da Junta, fundaram a Sociedade Columbófila de Carregosa. Em 1999, em escritura pública, o nome passou para Associação Columbófila de Carregosa. A luta por uma sede foi uma constante ao longo dos anos, mas agora já é uma realidade.

Fundada em 1960, a Associação Columbófila de Carregosa apenas em 1999 passou assim a ser designada. Apesar de já estar ligado à columbofilia há muitos anos, Leonel Almeida preside pelo primeiro ano a colectividade carregosense. Depois de andar muito tempo com a ‘casa às costas’, esta colectividade tem, finalmente, a sua sede situada no Perrinho.

 Finda a campanha 2008, a Associação Columbófila de Carregosa tem várias actividades já agendadas. Na noite do dia 1 de Agosto, o salão de festas da Junta de Freguesia acolhe o habitual leilão de borrachos, no qual é esperado o convívio entre quem gosta de pombos.

 O fim da campanha é assinalado com um almoço convívio, pelas 13 horas, no dia 3 de Agosto na Casa Rocha, em Azagães. Neste encontro haverá lugar também para a distribuição de prémios aos columbófilos.

Subsídios em atraso reclamados e apelo deixado à Câmara
A direcção desta colectividade concelhia reclama a falta de apoios externos, frisando que “os orçamentos saem do bolso dos nossos sócios e variam consoante os columbófilos participantes em cada campanha”. Tal como já tinha alertado anteriormente, o presidente Leonel Almeida volta a reclamar a falta de apoios da Câmara Municipal e deixa um apelo a Ápio Assunção: “Esperamos que não se esqueça de nós, porque precisamos do seu apoio para, por exemplo, nos isentar de pagar a água da companhia e nos disponibilizar os subsídios a que temos direito”, declarou o dirigente.

A Associação Columbófila de Carregosa tem 32 associados inscritos, uma vez que para serem sócios de qualquer associação ou sociedade columbófila é necessário estarem federados e isso implica mais despesas, limitando, por isso, o número de associados.

Nesta campanha, a colectividade carregosense contou com 26 columbófilos, um número que não se alterou desde a última época, e um total de 995 pombos em prova: 702 pombos na equipa A e 293 no campeonato das equipas B.

Não esquecendo a “ajuda preciosa” das esposas, a direcção da Associação dedicou-lhes a equipa B com o seu campeonato ou, em alternativa, com o de uma filha ou filhos.

Associação Columbófila de Carregosa em convívio

A Associação Columbófila de Carregosa realizou, na noite de 17 de Setembro 2005, mais um convívio de encerramento de época. Com a presença da maioria dos columbófilos e de familiares e a exemplo de anos anteriores a colectividade assinalou com um jantar de confraternização o encerramento de mais uma época desportiva.

Presentes na Mesa de Honra a Dra. Gracinda Leal, em representação da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Manuel Santos, Presidente da Assembleia de Freguesia de Carregosa, Diamantino Melo, Presidente da Junta de Freguesia e alguns directores da colectividade.

Competir e conviver
Chegada a altura das intervenções, Manuel Almeida, director da colectividade há muitos anos, agradeceu a presença das individualidades bem como dos convivas que quiseram marcar presença neste jantar de confraternização.

Manuel Santos agradeceu o amável convite que lhe fora feita pela Direcção da Associação e aludiu à ausência, nesse momento, do presidente da Junta, que já havia abandonado a sala para estar presente noutro evento cultural a decorrer na freguesia, ou seja o concerto pela Banda de Música de Carregosa no novo auditório, com a finalidade de testar a qualidade acústica da magnífica sala de espectáculos que honra a freguesia de Carregosa.

Manuel Santos aludiu ao facto de todos os anos “nos reunirmos aqui após uma época columbófila bem conseguida”, para adiantar que o mais importante é competir e conviver. Referiu que a aposta que a Junta de Freguesia tem feito nas colectividades tem sido positiva, acabando por desejar a todos os presentes as maiores felicidades pessoais e desportivas.

Apoios possíveis
Gracinda Leal, em seu nome e em nome do Presidente da Câmara, que por compromissos assumidos não pôde estar presente, saudou a Direcção da Associação, Junta de Freguesia e Assembleia de Freguesia, acrescentando que “é uma honra para mim estar entre vós. Sinto-me bem quando estou presente num convívio duma associação”, sempre fazendo um esforço para estar presente quando para isso é convidada.

Relativamente aos apoios da Câmara a oradora diria que têm sido os possíveis, para adiantar que a columbofilia é um desporto muito saudável, e que nas associações se aprendem os valores da vida. A terminar a intervenção felicitou os premiados e desejou felicidades aos columbófilos e suas famílias.

Categoria B

1º- João Carlos C. Freitas
2º-Mário Manuel P. Melo
3º- Serafim Santos Queirós
4º.-António V. Silva
5º.-Irmãos Oliveira


Categoria B (Pombo)
1º-João Carlos C. Freitas
2º-Idem
3º-Idem
4º.-Idem
5º.-Idem


Geral (Borrachos)
1º-João Carlos C. Freitas
2º-Idem
3º-José Maria A. Oliveira
4º-João Carlos C. Freitas
5º-Fausto Estrela Aguiar


Velocidade (pombo)
1º-João Carlos C. Freitas
2º-Joaquim V. Rodrigues
3º-Idem
4º-Mário Manuel P. Melo
5º-Idem


Meio Fundo (pombo)
1º-Mário Manuel P. Melo
2º-Joaquim V. Rodrigues
3º-João Carlos C. Freitas
4º-Frederico António Cruz
5º-Joaquim V. Rodrigues


Fundo (pombo)
1º-Serafim Santos Queirós
2º-José Maria A. Oliveira
3º-Mário Manuel P. Melo
4º.Frederico António Cruz
5º-Manuel Almeida


Geral (pombo)
1º.-Joaquim V. Rodrigues
2º.Idem
3º.João Carlos C. Freitas
4º-Idem
5º-Idem


Geral (concorrentes)
Velocidade:

1º-João Carlos C. Freitas
2º-Mário Manuel P. Melo
3º-José Maria A. Oliveira
4º-Joaquim V. Rodrigues
5º-Mário Manuel P. Melo


Geral (concorrentes)
Meio Fundo:
1º-Mário Manuel P. Melo
2º-João Carlos C. Freitas
3º-Joaquim V. Rodrigues
4º-Frederico António Cruz
5º-Serafim Santos Queirós

Geral (concorrentes)
Fundo:

1º-Mário Manuel P. Melo
2º-José Maria A. Oliveira
3º.-Serafim Santos Queirós
4º-António valente da Silva
5º-Frederico António Cruz


Geral Final (concorrentes)
1º-Mário Manuel Pereira Melo – 5475 pontos
2º-João Carlos Costa Freitas – 5123 pontos
3º-José Maria Almeida Oliveira – 5105 pontos
4º-Serafim Santos Queirós – 5001 pontos
5º-Joaquim Vieira Rodrigues – 4739 pontos
6º-Frederico António Cruz – 4674 pontos
7º-António Valente Silva – 4404 pontos
8º-José Fernandes Almeida – 4295 pontos
9º-Irmãos Tavares Almeida – 4084 pontos
10º-Armando Vieira Rodrigues – 3890 pontos