José Carlos Almeida Rosa

 ReportagensVisitas: Contador de Visitas 
CENTRO COLUMBÓFILO S. JOÃO DA MADEIRA 26-07-2009

Centro Columbófilo S. João da Madeira
Columbófilos sanjoanenses em festa final com entrega de prémios

 

Cerca de uma centena de columbófilos e convidados estiveram presentes no dia 25 julho 2009, na festa final de entrega de prémios, que decorreu de forma brilhante e animada.

Foi, sem margem de dúvida, uma grande festa final, levada a efeito pela direcção do Centro Columbófilo de S. João da Madeira, que teve a presença do Dr. Paulo Cavaleiro, vereador da Câmara Municipal de S. João da Madeira, assim como representantes da Associação Columbófila de Aveiro e de várias colectividades ligadas à columbofilia.

O local eleito para o jantar foi a Churrasqueira Monumental - que serviu de forma soberba todos os presentes e que teve ainda uma vertente especial: música ao vivo pelo Grupo Musical Trisom, agrupamento convidado pela direcção dos columbófilos, que animou o jantar e entrega de prémios até ao final do festim.

Flávio Xará, o jovem presidente dos columbófilos sanjoanenses, era um homem feliz, pois no seu primeiro ano de mandato cumpriu praticamente os objectivos agendados para a campanha 2009, não obstante algumas dificuldades, Flávio Xará salientou que toda a direcção deu o seu melhor para que o nome da sua colectividade seja cada vez mais prestigiado.

No entanto, diz que ainda há muito para fazer, em prol da modalidade e do centro columbófilo da cidade, que tem tido o apoio da Câmara Municipal, esperando que continue a boa colaboração entre as duas entidades, agradecendo ainda à Junta de Freguesia sanjoanense o apoio que tem dado para a organização do campeonato concelhio, assim como ao jornal ‘O Regional’ e Rádio Regional Sanjoanense, pelo acompanhamento que têm feito de todos os seus eventos.

O Dr. Paulo Cavaleiro, em poucas palavras, agradeceu o convite para estar presente, dizendo que, como sempre, a Câmara Municipal está ao lado das colectividades e que estas serão ajudadas conforme as possibilidades da Autarquia.

Valdemar Xará, ex-presidente dos columbófilos da cidade, também teve a palavra e aproveitou para agradecer ao Dr. Paulo Cavaleiro e Câmara Municipal tudo aquilo que têm feito pelos columbófilos, nomeadamente as obras realizadas na sede, que lhe deram um ar mais digno, assim como a cedência e arranjo do terreno envolvente, onde foi construído um local, que irá servir para ali serem feitos vários eventos, mas especialmente para o jogo popular que é a malha.

A festa terminou com a entrega de prémios aos campeões e não campeões e lembranças aos convidados, ficando a promessa de que para a próxima campanha será melhor.

                  

Em ambiente de Festa, Centro Columbófilo Sanjoanense, entrega prémios da Campanha 2008.

 

O Centro Columbófilo da S. João da Madeira levou a efeito em ambiente festivo e de sã amizade, com fado à mistura, a entrega de prémios correspondente à campanha 2008 que teve a presença de muitos columbófilos e convidados.

 

Estiveram presentes ao acto como convidados, o Sr. Vereador da Câmara Municipal de S. João da Madeira Dr. Paulo Cavaleiro, Sr. Carlos Coelho, Presidente da Junta de Freguesia e Sr. António Ramalho, Presidente da Associação Columbófila do Distrito de Aveiro.

 

Após o jantar, Valdemar Xará Presidente, da colectividade usou da palavra "...Senhores Convidados, companheiros e Senhoras, mais uma vez a Direcção do Centro Columbófilo agradece a todos que connosco colaboraram na árdua tarefa que é o dirigismo, como vem sendo apanágio desta direcção, evitamos gastos avultados em troféus, oferecendo apenas lembranças simbólicas evitando maiores gastos pois estamos em época de crise e o dinheiro é mais necessário para a organização do nosso desporto. Tenho que agradecer ao Sr. Presidente da Junta a forma como nos tem ajudado ao patrocinar o campeonato Concelhio, assim como também á nossa Câmara Municipal na pessoa do Sr. Dr. Paulo Cavaleiro, que está sempre ao nosso lado, quando dele necessitamos, e se mais não faz é porque não pode, e a prova é que ainda agora mesmo lhe solicitei ajuda, para que no terreno junto a nossa sede, fosse feito um arranjo para os columbófilos ali praticarem o jogo da malha,  no qual ele se prontificou a ver a possibilidade de isso ser feito, no qual mais uma vez estamos gratos...".

 

Ainda no uso da palavra, Valdemar Xará impôs alguns momentos de silêncio na sala, quando com algum semblante de tristeza  e em jeito de despedida, foi dizendo” já cá ando, à cinquenta e dois anos, chegou a hora da reforma, assim tenho a agradecer a todos que colaboraram comigo durante vários anos e foram muitos” salientando o seu companheiro Luís Assunção, lembrando ainda um pouco da História das bodas de ouro em que os dois juntos levaram avante as festividades e nas quais foi entregue um emblema de ouro ao Sr. Professor Ismaelino que em Outubro de 1980 como Presidente da Assembleia Municipal, apresentou um VOTO DE LOUVOR ao Centro Columbófilo de S.João da Madeira aprovado por unanimidade, ainda em jeito de despedida  agradeceu o esforço de todas as Esposas dos Columbófilos, que sem  a colaboração delas muitos  muitas vezes não se poderia praticar a modalidade, lembrando ainda, alguns do fundadores do Centro como Hernâni Marau e Cirilo Azevedo quando em 1932 levaram avante a criação daquilo que é hoje, o Centro Sanjoanense.

 

António Ramalho, Presidente da Associação Columbófila do Distrito de Aveiro, salientou em particular a Autarquia Sanjoanense, que é das poucas ou a única que ajuda e colabora com a Columbófilia, agradecendo de forma empenhada ao Dr. Paulo Cavaleiro.

 

Carlos Coelho, Presidente da Junta de Freguesia, pelo seu lado, prometeu sempre que possível a Junta de Freguesia continuara a apoiar a realização do Campeonato Concelhio, fazendo votos  que para o ano, possa estar presente neste evento com Valdemar Xará como Presidente.

 

Ainda no tempo reservado aos oradores, foi a vez do Dr. Paulo Cavaleiro, que saudando todos os presentes começou por dizer “queria em especial saudar o Sr. Valdamar Xará que com o seu jeito alegre e característico lá vai levando a água ao seu moinho,  quanto à minha pessoa, como Vereador da Câmara Municipal, não faço mais do que tratar todas as colectividades da mesma maneira, na verdade temos um bom relacionamento saudável com a columbofilia, ajudamos mais, quando é mais preciso, como foi o caso dos 75 anos da colectividade, nas obras da Sede pois era uma necessidade, para que todos que a frequentam possam gozar de melhores condições, e esperamos ainda melhorar mais. Quanto ao Sr. Valdemar Xará, queria deixar aqui uma nota, eu só aceito que o Sr. Valdemar possa sair, quando arranjar alguém para o substituir, se o não fizer tem que continuar, pois o Centro tem muitos anos e não pode ficar vazio, é conhecido que hoje, não é fácil arranjar pessoas para dirigir qualquer colectividade, e o Sr. Valdemar tem cumprido com as questões fundamentais desta instituição, ele e a sua equipa pois não é só o Sr. Valdemar, talvez seja a hora de todos o ajudarem mais, e sensibilizá-lo para continuar mais um bocadinho para que a Instituição ande para a frente, pois os tempos estão difíceis e não é fácil encontrar pessoas disponíveis para aceitar cargos desta natureza.

 

Já quase perto do fim e sempre com FADO da responsabilidade  de Ângelo Oliveira  que abrilhantou a noite, foi feita a entrega de prémios e lembranças a todos os columbófilos presentes.

 

Os agradecimentos para o Restaurante Monumental pelo exemplar serviço apresentado, assim como para a Garrafeira S. Roque pela preciosa colaboração com o Centro Columbófilo de S. João da Madeira.     

CENTRO COLUMBÓFILO SÃO JOÃO DA MADEIRA COMEMOROU 75 ANOS

Federação distinguiu com medalha de ouro

O Centro Columbófilo de São João da Madeira assinalou os seus 75 anos de existência. Como reconhecimento, a Federação Portuguesa de Columbofilia distinguiu com o maior galardão da modalidade. Castro Almeida, presidente da autarquia, prometeu levar a reunião de Câmara um prémio presença no valor de 5 mil euros.

Além do almoço comemorativo de aniversário, o Centro Columbófilo são-joanense reuniu columbófilos, amigos, simpatizantes e familiares para encerrar a época. Terminada a campanha, o Centro Columbófilo decidiu premiar todos aqueles que ao longo da época, com entusiasmo e trabalho, souberam merecer os elogios de todos.
O Centro Columbófilo de São João da Madeira é a colectividade mais antiga da terra, tendo apenas menos seis anos que o concelho.

Presidente deixou agradecimentos

Valdemar Xará agradeceu a presença de todos aqueles que colaboraram para que se pudesse levar a ‘bom porto’ a árdua tarefa que é dirigir uma modalidade.
O presidente da direcção foi mais longe e alargou os agradecimentos à Junta de Freguesia local pelo apoio dado no VI Campeonato Concelhio, à Câmara Municipal, à imprensa local, ao comando da PSP e da GNR, à Federação Portuguesa de Columbofilia, à Associação Columbófila do Distrito de Aveiro e a todas as associações congéneres presentes.

Castro Almeida prometeu prémio presença

Castro Almeida, presidente da edilidade, durante o seu discurso felicitou a colectividade pelos seus 75 anos e disse mais “não é uma obrigação vir cá hoje é um prazer”. O autarca que, no mesmo dia, comemorava 50 anos de vida, deixou a família para vir dar uma palavra de gratidão aos columbófilos ali presentes.
Como reconhecimento do valor da colectividade são-joanense, Castro Almeida, prometeu propor em reunião de Câmara, hoje, um prémio de 5 mil euros para esta associação, homenageando, igualmente, todos os fundadores desta entidade e outros que hoje remam contra tudo e contra todos para a manter como a conhecemos hoje.

Columbófilos recebem Medalha de Ouro

Outro dos pontos altos da cerimónia foi a atribuição da medalha de ouro aos três columbófilos mais antigos da colectividade, com mais de 50 anos de dedicação. Domingos Jesus Ferreira, António Leite Silva e Fernando Melo Moreira foram os distinguidos.

‘Os Silvas’ foram campeões

Os ‘Os Silvas’, já muito conhecidos no mundo columbófilo, foram os vencedores do campeonato de 2007. Arrecadando uma imensidade de prémios, os jovens são-roquenses, que seguem as pegadas de seu pai, já conseguiram ‘contaminar’ os seus herdeiros pelo gostinho da modalidade. Cláudia Silva, filha de um campeão, marcou o 2ºlugar na competição feminina.

Medalha dourada para a colectividade

O Centro Columbófilo de São João da Madeira recebeu uma medalha dourada, a distinção mais elevada no mundo columbófilo. José Tereso, presidente da Federação Internacional e Nacional de Columbófilia, entregou a Valdemar Xará este prémio como reconhecimento dos 75 anos da colectividade e da sua valorosa história.

Ele Disse...

“Não é uma obrigação vir cá mas sim um prazer. Tenho muita consideração pelo Valdemar Xará e tenho muita admiração pelos movimentos associativos. A sociedade está cheia de gente a dizer mal, que estão em casa a ver TV e a criticar tudo e todos e vocês, admiro-vos, porque saem do sofá, do vosso conforto, das vossas famílias e vão tratar dos outros. Tenho um grande reconhecimento por vós. Esta colectividade, e outras do concelho, recebem muito pouco apoio da autarquia mas recebem uma verba anual que cumprimos sempre”.

Castro Almeida, Presidente da Câmara Municipal de São João da Madeira

Eles Disseram...

“Já lá vão 75 anos que o centro Columbófilo tem contribuído para a sua própria divulgação, a divulgação da columbófilia e da cidade de São João da Madeira. Quando em 1932 um grupo de são-joanenses, amantes do desporto columbófilo, fundaram esta colectividade, talvez não pensassem que mais tarde viria a ser uma das melhores do distrito, se não do País”.

Valdemar Xará, Presidente do Centro Columbófilo de São João da Madeira

“Finalmente começa-se a ver beleza nestes encontros, pois a presença feminina dá cor a estes acontecimentos. Quanto aos 75 anos pouco tenho a dizer porque o Xará já disse tudo. Quero dar os parabéns aos dirigentes desta colectividade, principalmente ao Valdemar Xará, que tem sido incansável. Os dirigentes são os motores destes projectos. Dos fracos não lembra a história e se hoje estamos aqui a lembrar a colectividade são-joanense é porque ela tem história”.

António Ramalho, Presidente da Associação Columbófila do Distrito de Aveiro

“Hoje é um dia de satisfação e é com grande prazer que cá estou. Ao longo dos anos esta colectividade tem feito história na columbofilia. Bem-haja a todos pelos 75 anos ao serviço da columbofilia".

José Tereso, Presidente da Federação Internacional e Nacional de Columbófilia

Lembrados nomes
sonantes da columbofilia

Durante a intervenção do presidente, foram lembrados nomes de homens que já passaram pela colectividade, outros que ainda cá estão e que de alguma forma foram campeões.
António Valente, Armando Valente, Luís Assunção, Arnaldo Santos, ‘Tonecas’, Fernando Silva e António Cardoso Dias Castro foram alguns dos columbófilos que Valdemar Xará homenageou pelo bom desempenho e pela contribuição que sempre deram ao Centro Columbófilo de São João da Madeira.

Obras terminam em Dezembro

As obras de beneficiação da sede do centro Columbófilo de São João da Madeira já decorrem há algum tempo, mas Castro Almeida garantiu que, até ao final do ano, as obras ficam terminadas e que em Janeiro todos os columbófilos vão ter mais condições e com maior dignidade.

António Leite Silva: O nº1…

António Leite Silva é natural de São João da Madeira, tem 74 anos de vida e 57 dedicados à modalidade. O nº1 são-joanense admitiu que só uma grande paixão o fez levar a columbofilia no peito até aos dias de hoje. António Silva praticou outras modalidades, como o futebol, mas nunca deixou a columbófilia.

 “Quando era mais novo ia ver as pombas chegar e a adrenalina da pontuação fez com que percebesse que estava ali uma das minhas paixões”, afirmou. Actualmente António Leite Silva possui uma colónia de cerca de 30 pombos e admitiu que “hoje em dia quem quiser ser campeão tem que arriscar em Espanha”.