José Carlos Almeida Rosa

 ReportagensVisitas: Contador de Visitas 
PORTUGAL CONDUZ OS DESTINOS DA COLUMBÓFILIA INTERNACIONAL !!! 31-01-2008

PORTUGAL CONDUZ OS DESTINOS DA COLUMBÓFILIA INTERNACIONAL !!!

José Tereso reeleito Presidente da F.C.I.


O presidente da Federação Portuguesa de Columbofilia, José Tereso, foi reeleito para a presidência da Federação Columbófila Internacional (FCI).

Depois de ter sido escolhido em 2005, na cidade do Porto, durante as XXIX Olimpíadas de Columbofilia, José Tereso foi reconduzido, por unanimidade e aclamação, no cargo para um novo mandato que durará até 2009. A eleição, que contou com o apoio de 32 países, teve lugar na cidade belga de Oostende, local onde decorreram as Olimpíadas da modalidade. No discurso de agradecimento, José Tereso realçou o trabalho desenvolvido nos dois últimos anos pelas várias comissões e sub-comissões da FCI e que, permitiram, por exemplo, "os trabalhos sobre a influenza aviária, as novas tecnologias aplicadas à columbofilia (de assinalar neste campo, de que as classificações finais da XXX Olimpíadas, foram elaboradas pela equipa informática da Federação Portuguesa de Columbófilia, em colaboração com a Federação Belga) e as propostas de novas políticas para o desenvolvimento da modalidade".

Nesta vertente, o presidente considerou vital "o trabalho de desenvolvimento da columbofilia, face aos enormes desafios da modalidade no imediato e no futuro próximo". "Dar a conhecer ao grande público e aos mais jovens a columbofilia é de grande importância e vital para a cativação de novos aderentes", afirmou. Das várias medidas preconizadas por José Tereso, há a salientar a divulgação do pombo-correio; o desenvolvimento da columbofilia social, nas escolas e na comunidade, e dar visibilidade à modalidade através de todos os eventos desportivos, chamando a participar as populações alvo e a comunicação social às chegadas das provas e às soltas colectivas, de forma a transformá-las num acontecimento mediático. "Temos novos desafios, pelo que é necessário criar novos modelos e novas soluções. Aqui destaco a modernização da modalidade, que tem de ser atractiva para novos aderentes", referiu.

Presidência FCI - Olimpíadas do Porto (2005)