HistóriaVisitas: Contador de Visitas 

                                                                Desde de 11 anos sou apaixonado pelos pombos de corrida, quando criava na casa de meus pais, tive que parar por motivos familiares e em 1993 ja casado e morando em residencia alugada iniciei novamente a criação. Constuí minha primeira casa residencial e o pombal foi o que ficou pronto primeiro. Em 1995 vendi esta casa e mudei para Goiânia onde adquiri outra casa e construi novo pombal. Em 2000 retornei para Anápolis onde continuo criando estas aves maravilhosas que tanto encanta milhares de pessoas mundo afora.                                                                                                  Pratico a columbofilia em Anápolis, Estado de Goiás no Brasil. Sou filiado a Sociedade Columbófila Independente de Anápolis, que por sua vez é filiada à Liga Goiana de Columbofilia, que é filiada a Federação Columbófila Brasileira que esta filiada à Federação Columbófila Internacional.

                                                                Tenho participado dos Columbódromos Nacionais apoiados pela Federação Columbófila Brasileira, bem como, os Grandes Premios Brasil de Pombos de Corrida que vem sendo realizado na cidade de Aracaju-Sergipe/Brasil. Com a participação nestes eventos nacionais consegui conhecer varios columbófilos, onde tenho hoje amigos espalhados por todo Brasil, Argentina, Portugal, Belgica.

                                               HISTORIA DA CIDADE DE ANÁPOLIS-GO

Segundo os historiadores goianos, duas grandes correntes foram responsáveis pelo desbravamento das terras goianas: a mineração e a agricultura. Anápolis nasceu de uma combinação das duas.

No início do século XIX, viajantes que percorriam o vale do Araguaia e o roteiro de Vianópolis/Corumbá de Goiás, entre elas, a cabeceira do Ribeirão das Antas, conhecido também por Campos Ricos, graças à excelência de seu solo e à abundância e variedade de caças existentes no local. Enfatiza-se a contribuição do Sr. Manoel Rodrigues dos Santos, que fazia realizar em sua fazenda, novenas e orações, aglomerando já em 1859 um total de 15 casas e uma escola.

Conta a tradição que, por esta época D. Ana das Dores quando trafegava pela região, perdeu um de seus animais, justo o que transportava uma imagem de Nossa Senhora. Quando encontrado, o animal estava deitado e os tropeiros não conseguiram levantar a caixa que continha a imagem, o que foi interpretado como sendo o desejo da Santa em permanecer no local. D. Ana prometeu doá-la à primeira capela que se erguesse ali, o que foi feito por seu filho Gomes de Souza Ramos, em 1870.

Com a doação de grande quantidade de terras feita por Joaquim Rodrigues dos Santos ao patrimônio local, já em 1873 foi criada a freguesia de Santana das Antas, mudando em 1884 para Santana dos Campos Ricos e retornando ao nome anterior em 1886.
Em 15 de dezembro de 1887 foi elevada à categoria de Vila, mas só instalada em 10 de março de 1892 e em 31 de julho de 1907, foi elevada à categoria de cidade, com o nome de Anápolis.

Posição estratégica

O município está situado no Planalto Central, numa posição estratégica para implantação de indústrias, visto a proximidade das capitais federal e goiana. Em função de sua localização privilegiada para o comércio do Centro-Oeste, ainda é o principal centro de comercialização de grãos do Estado, bem como, o principal fornecedor de produtos hortifrutigranjeiros para a Central de Abastecimentos de Goiás-Ceasa. Anápolis é o principal centro econômico e industrial do interior de Goiás, o que dá-lhe o título de Capital Econômica do Estado.

Educação

A educação em Anápolis alcança elevado nível de ensino. O primeiro e segundo graus estão representados por aproximadamente 150 escolas. A rede de ensino, tanto em estabelecimentos públicos quanto privados, dispõe de renomada qualidade.

Só a rede municipal de ensino oferece 50 escolas, sendo 4 na zona rural, que atualmente atendem a 24 mil alunos. Seus professores são os de melhor remuneração do Estado de Goiás, graças à implantação do Plano de Carreira do Magistério, em 1998.

Já o ensino de terceiro grau no município é representado pela Universidade Estadual de Goiás - UEG, pela Associação Educativa Evangélica - FAEE e pela Faculdade de Filosofia São Miguel Arcanjo - FAFISMA. Nestas instituições são ministrados mais de 25 cursos.

Base Aérea

Em 9 de fevereiro de 1972 iniciaram-se as primeiras edificações da atual Base Aérea de Anápolis, guardiã dos vetores de interceptação da Força Aérea Nacional, com os aviões F-103 e Mirage.

Hoje é a primeira Ala de Defesa Aérea - 1ª Alada, com missão específica de realizar operações de defesa aérea no território nacional. Com o surgimento do jato supersônico e atenta à rápida evolução da tecnologia das aeronaves de combate e dos sistemas de detecção e controle de tráfego aéreo, a Força Aérea Brasileira sentiu a necessidade de adquirir, para o Brasil, aeronaves de interceptação. Para tal, foi necessária a criação de uma Unidade Militar, próxima à Capital Federal, capaz de sediar estas aeronaves de combate.

Criado em 11 de abril de 1979, o 1º GDA ou Grupo Jaguar, como também é conhecido, tem como missão executar operações de defesa aérea, com o propósito de impedir a utilização do espaço aéreo brasileiro para a prática de atos hóstis contra seu território ou contrários aos interesses nacionais.

Assim como a Base Aérea de Anápolis, o 1º GDA tornou-se referência para a aviação de caça nacional e internacional. As equipagens operacionais do 1º GDA permanecem, ininterruptamente em estado de alerta, prontas para atender a qualquer missão, perfeitamente integradas ao Sistema de Defesa Aeroespacial Brasileiro (SISDABRA), sendo o Mirage uma das pontas desse sistema defensivo.

A parceria exitosa de longos anos entre a BAAN e o 1º GDA veio permitir que o Comando da Aeronáutica encontrasse estas paragens goianas para instalação do 2º/6º Grupo de Aviação.

A aeronave R-99, que desempenhará importante papel como elo do Sistema de Vigilância da Amazônia (SIVAM). Esse Esquadrão operará com aeronaves BEM-145 na versão R99A, designada para Controle e Alarme em Vôo e Guerra Eletrônica, enquanto que a versão R99B realizará Reconhecimento Aéreo e Guerra Eletrônica. As aeronaves R-99 representam um expressivo salto tecnológico e fator de reformulação doutrinária para a Força Aérea Brasileira como um todo e, especialmente, nos campos de Guerra Eletrônica e de Sensoriamento Remoto.

Em 1997, a Base Aérea de Anápolis iniciou um programa de visitas, cuja intencao principal é aproximar o publico daqueles que nela trabalham. Durante a visita,que é gratuita.

Os heróis esquecidos da Segunda Guerra Mundial

 Esta é a história nunca contada da maneira como os pombos-correio foram os heróis esquecidos dos Serviços Secretos, durante a Segunda Guerra Mundial, ao desempenharem um papel vital assegurando a vitória dos Aliados. Um documentário que inclui entrevistas inéditas aos militares e treinadores de pombos sobreviventes, que narram a incrível história das heróicas aves que lutaram numa épica e secreta guerra pelos céus fora, mudando a História para sempre...

Durante a II Guerra Mundial o pombo irlandês de nome Paddy e o pombo americano G.I. Joe ambos receberam a Medalha Dickin juntamente com outros 32 companheiros, pelo seu brilhantismo e bravura no salvamento de vidas humanas pelas suas acções.
"Winckie" foi o primeiro pombo a receber a Medalha Dickin.
82 pombos correios foram levados para a Holanda com a 1ª Companhia Aero-Transportada como elementos da operação militar Market-Garden. O Pombal Militar ficava em Londres e tinham de voar 240 milhas para entregar as suas mensagens. Faziam parte dos serviços secretos.
O Paddy com a anilha NPS.43.9451 foi agraciado com a medalha Dickin por ter sido o 1º pombo a chegar a Inglaterra com a noticia do sucesso do dia D ( invasão da Normandia), voou 230 milhas por cima do canal da mancha em 4 horas e 5 minutos. Bateu o record da travessia mais rápida e recebeu a medalha no dia 1 de Setembro de 1944. Esta medalha foi vendida em 1999 por 10.500 euros.
G.I. Joe foi talvez um dos pombos mais famosos da História Mundial. Serviu nas Forças Armadas dos Estados Unidos.
Durante a II Guerra Mundial, G.I. Joe salvou milhares de vidas na vila Italiana de Calvi Vecchia, quer civis quer militares ao entregar a mensagem para as forças aliadas não bombardearem esta vila como estava programado, a sua chegada atempada ao quartel permitiu as forças aliadas saber que a vila tinha sido tomada por um batalhão inglês e assim já não precisava de ser bombardeada como estava no plano de ataque.
G.I. Goe salvou assim milhares de vidas. Foi lhe atribuída a medalha Dickin em Novembro de 1946.
William of Orange pombo lilás,anilha NPS.42.NS.15125, soldado dos Serviços Secretos Ingleses MI 14. Salvou a vida a 2000 soldados durante a batalha de Arnhem em 19 de Setembro de 1944. Devido a um problema de comunicações ( perda de sinal) as tropas estavam cercadas pelo exército alemão e não conseguiam pedir auxílio. William of Orange foi libertado com a mensagem que informava a localização e a situação. Solto às 10:30 no dia 19 Setembro de 1944 chegou a Inglaterra ao seu pombal as 14H55. Voou 250 milhas com muito mau tempo. A informação transportada salvou 2000 vidas.
William of Orange é avó e bisavó de pombos correios magníficos. Recebeu a sua medalha em Maio de 1945
__._,_.___