NotíciasVisitas: Contador de Visitas 
A ética em columbofilia........ 12-08-2017

Tal como em todas as modalidades desportivas há sempre um conjunto de regulamentos, normativos, estatutos , normalmente muito bem redigidos e os quais devem servir para serem aplicados de modo a não transformar este ou outro qualquer desporto, em algo anárquico.

Isto é um principio básico.

Mas , todos sabemos que o conviver em sociedade, o praticar um desporto onde impera o colectivo deve ter outros parãmetros que embora não estejam nem podem estar regulamentados ,são sem dúvida essenciais para o agregar dos seus praticantes .   A Ética é quanto a min essencial em qualquer desporto e define muito do modo como as pessoas se pautam em termos colectivos.

Pesquisando no dicionário , Ética significa : " o dominio da filosofia que procura determinar a finalidade da vida humana e os meios de a alcançar; ciência que tem por objecto o juízo de apreciação com vista á distinção entre o bem e o mal; a moral. Dos gregos era a ciência dos costumes.....

Já aqui estamos a ver que a ética é algo de "transcendental " e depende sempre da capacidade que cada um tem e das vivências que o mesmo adquiriu que podem ter  repercussões no modo como interage no grupo colectividade, para estar bem com os seus colegas praticantes e, acima de tudo, estar bem consigo próprio.

Normalmente costumo dizer que perder ou ganhar é igual em columbofilia. Para haver vencedores tem de existir vencidos e vice-versa. É certo e tanbém sempre o disse neste meu percurso columbófilo perdi muito mais vezes do que ganhei.

Mas estas duas posturas, ganhar e perder, tem encaixes diferentes consoante as sensibilidades de cada um .Entendo que é fácil saber ganhar mas já é muito mais dificil saber perder.

Quando se ganha além das posturas regulamentares deveremos ter subjacentes no nosso subconsciente a ética. Normalmente os vencedores são pessoas simples, que tem os melhores pombos, as melhores prestações etc. Este grupo de columbófilos são normalmente pessoas de espirito aberto e franco, dedicados aos seus pombos, pessoas simples, que lutam diáriamente consigo próprios e nunca contra quem quer que seja,  respeitadores dos seus adversários . Mas , as vitórias não os transformam em meros "detractores" dos que perderam . Quando isto acontece ( e ás vezes sucede) é sinal de que só sabem ganhar e como tal tem muitas dificuldades em perder ou aceitar as derrotas.

Foram apenas e só meras palavras que podem ou não ser integradas nas posturas que vamos tendo neste desporto....