HistóriaVisitas: Contador de Visitas 

Tudo começou na "Década de 40" com vários familiares nossos a iniciarem-se na columbofilia. Na "Década de 50”, por influência de alguns desses familiares, o nosso pai iniciou-se na columbofilia, ao qual mais tarde se juntou como seu sócio, o nosso tio João. Competiram na coletividade de Vila Franca de Xira até 1970, ano em que o nosso pai construiu um pombal, em Castanheira do Ribatejo. No ano seguinte, em 1971 foi competir para a coletividade da Vala do Carregado. Em 1977 começou a concorrer no Grupo Columbófilo de Castanheira, coletividade que frequentamos desde crianças.

 

Em 1995, foi o último ano em que competimos com o pombal na residência dos nossos pais, tendo estado em três diferentes sociedades e sempre com bons resultados, ganhando inúmeros títulos de campeão em várias coletividades, como também a nível Distrital.

 

Em 2004 constituí sociedade com o António Avelar de Alverca, a qual teve o seu término no início de 2016, com títulos ganhos em várias coletividades.

 

Em 2010, ainda nesta anterior sociedade e devido à distância que tinha de percorrer até Alverca, reactivamos o pombal de competição em casa dos nossos pais, em Castanheira do Ribatejo, sendo o nosso pai o responsável pelo tratamento diário da nossa equipa de voo e sendo eu o responsável por toda a gestão e orientação competitiva. Neste curto trajecto de oito anos, neste pombal, alcançamos inúmeros títulos, tais como: Campeões Distritais de Velocidade Bloco 1, Vice-Campeões Velocidade Região Nordeste, Campeões de Velocidade do Concelho de Azambuja, etc. 

Ao nível de clubes, nestes 8 anos, competimos alternadamente em três clubes, nos quais ganhamos vários títulos no GC Castanheira, GC Azambujense e SC Vala do Carregado e várias dezenas de 1ºs prémios, como também de Anilhas de Ouro, Prata e Bronze.

 

Em 2016, foi lançado um novo projeto, uma nova sociedade com os amigos "Penas, Horta & Nogueira" de Castro Marim (Distrito de Faro). Sendo “Penas, Horta & Nogueira” uma das mais competitivas colónias Algarvias das últimas duas décadas, voando com sucesso desde 2006 com pombos das nossas origens, aliada a uma forte amizade e uma vontade conjunta de fazermos esta nova sociedade, começamos a competir em 2017 com o nome “Penas, Nogueira & Lobato” e "Horta & Nogueira".

Esta sociedade é formada por Joaquim Pena, Jorge Nogueira, Jorge Paulo Nogueira, Telmo Nogueira, Gonçalo Horta e Rui Lobato e Ricardo Lobato.

 

Em Julho de 2017, reativamos uma das duplas, de maior sucesso no Distrito de Lisboa e que num curto espaço de tempo (competimos apenas em 1999 e 2000) ganhou quase tudo o que havia para ganhar em apenas duas campanhas realizadas. Em 2000, o meu irmão Ricardo Lobato emigrou para o Luxemburgo e terminou uma dupla, por muitos, ainda recordada, como os “Irmãos Lobato” da Castanheira.

Apesar do meu irmão ainda estar a viver no Luxemburgo, mantém-se ligado à columbofilia e a este novo projeto, o qual tem o nome de “Irmãos Lobato” a que se juntam, o nosso pai (Manuel) e os colaboradores "Tio João" e o amigo de longa data, Pedro Martins, de Torres Vedras.